Materiais e revestimentos fogem do óbvio neste apê de 106 m²

A arquiteta Rúbia Vieira assinou o projeto do imóvel, que é o primeiro do casal de moradores

Por Yara Guerra Atualizado em 9 abr 2022, 21h45 - Publicado em 9 abr 2022, 13h00
Sala de estar e jantar integradas com piso de madeira e detalhes em madeira, tons neutros
Maura Mello/Casa.com.br

Este apartamento de 106 m² está localizado no bairro Ipiranga, em São Paulo, e recebeu um projeto de reforma da arquiteta Rúbia Vieira. A ideia era criar um lar funcional que comportasse todos os sonhos que o casal de moradores não fez em seu primeiro imóvel.

A arquiteta mexeu em alguns elementos que modificaram consideravelmente o layout da planta original, como o lavabo da sala. Isso ampliou o ambiente, deixando o banheiro de um dos quartos com a função de banheiro social/lavabo.

Sala de estar e jantar com paredes brancas, cadeiras pretas, piso de madeira e sofá cinza
Maura Mello/Casa.com.br

“Também abrimos a despensa para a cozinha ficar maior. O banheiro de serviço foi modificado para comportar mais armários junto com a lavanderia. Além disso, substituímos as portas convencionais de abrir pelas de correr na suíte master e na sala para cozinha”, diz Rúbia.

Cozinha com marcenaria branca e dourada e jardim vertical
Maura Mello/Casa.com.br

Ela conta ainda que as necessidades do casal e até os estilos eram diferentes, então procurou equilibrar os pedidos de ambos para chegar em uma harmonia no final.

Na sala, os destaques são os revestimentos cimentícios que misturam bastante o preto e cinza. Já para a suíte do casal e cozinha, há o amadeirado, bege e dourado como predominantes.

Cozinha com detalhes em dourado e marcenaria branca e bege
Maura Mello/Casa.com.br
Continua após a publicidade

“Acredito que, para esse projeto em especial, misturamos alguns estilos – um pouco de contemporâneo, com toques industriais. A cozinha tem traços em dourado (e por isso apelidamos carinhosamente o projeto de Golden Hour), já na sala temos cimento queimado e revestimentos cimentícios que saem da linguagem anterior”, conta a profissional.

Sala de estar com décor neutro, tapete branco e preto e sofá cinza
Maura Mello/Casa.com.br

Um dos pedidos dos moradores foi usar janelas com isolamento acústico devido à localização do prédio. Rúbia também optou pela manta nos forros e paredes construídas em drywall.

Varanda com painel de madeira e jardim vertical
Maura Mello/Casa.com.br

“A marcenaria foi fundamental nesse projeto, desde a escolha de cada MDF dos ambientes até o aproveitamento dos espaços. O sob medida para esse tipo de projeto traz toda personalização que precisamos e funcionalidade que precisamos”, diz.

Sala de estar integrada ao jantar
Maura Mello/Casa.com.br

Segundo Rúbia, o projeto conta com escolhas de materiais e revestimentos que fogem do óbvio, como os revestimentos cimentícios da sala, o piso vinílico presente nos quartos e na área social, o porcelanato amadeirado da cozinha e da varanda e a pastilha dourada da cozinha.

“Os moradores pediram muitos pontos de luz. Além de alguns pontos serem dimerizáveis para controlarem a intensidade da luz, temos diferentes estilos de plafons, pendentes, rasgos no gesso e perfil de LED. Há trilhos direto no teto e a mistura de embutidos em tons de preto e branco, dependendo do ambiente”, conta a arquiteta sobre a iluminação.

Curtiu o projeto? Confira mais fotos e detalhes na galeria:

Continua após a publicidade

Publicidade