Casa Created with Sketch.

Cimento queimado: dicas para usar o material trend do estilo industrial

Queridinho entre os amantes do estilo de décor, o revestimento é muito versátil e oferece muitas opções de aplicação

 (Luís Gomes/Casa.com.br)

Se você é apaixonado por decoração, como a gente aqui do Portal Casa, já deve ter percebido um revestimento que está em alta em muitos projetos: o cimento queimado.

Levemente manchado e muito versátil, o material pode ser utilizado em muitos ambientes, como sala, cozinha, banheiro, dormitório e varanda. Outro ponto positivo é que ele é de fácil manutenção e extremamente durável – ou seja, você não vai ter que se preocupar em renová-lo em curtos períodos.

Além disso, o cimento queimado é aplicável em vários estilos de decoração, como rústico, industrial ou contemporâneo. Se você quer saber mais sobre este revestimento que virou tendência, confira todas as informações que reunimos abaixo:

O que é cimento queimado

O cimento queimado nada mais é que uma argamassa feita a partir da mistura de cimento, areia e água, preparada no próprio local de aplicação. Outros aditivos podem ser incluídos neste mix a fim de melhorar a sua aderência e evitar rachaduras e trincas.

Uma vez aplicada a mistura, é hora de fazer a queima. O processo ocorre quando se joga o pó do cimento sobre a massa ainda fresca. Em seguida, a superfície é alisada com uma desempenadeira. Mas, atenção: para fazer tudo isso, é importante que a superfície a ser revestida seja selada e impermeabilizada, já que se trata de um material poroso. É recomendado aplicar o impermeabilizante a cada cinco anos.

Curiosidade: o efeito manchado é adquirido a partir da diferença de concentração de pigmento na massa.

Tipos de cimento queimado

Você provavelmente conhece o cimento queimado tradicional, aquele cinza. Mas sabia que existem também outras opções, como o branco ou colorido? Isso mesmo. Para a cor neutra e clara, é preciso inserir pó de mármore ou granito à mistura, ideal para quem quer fugir do estilo industrial ou rústico. O tom final vai depender da quantidade de pó utilizada.

O cimento queimado branco pode ser utilizado também em salas de estilo industrial

O cimento queimado branco pode ser utilizado também em salas de estilo industrial (Decor Fácil/Reprodução)

Já o cimento queimado colorido vem a partir do uso de pigmentos de cores, possibilitando um visual mais vibrante e alegre ou mais neutro.

O material também pode ser comprado pronto, bastando apenas adicionar água antes da aplicação. A sua vantagem é ser rico em fibras, o que permite que seja aplicado sem a execução de juntas de dilatação, devido à sua flexibilidade.

A cor do cimento queimado colorido vem dos pigmentos adicionados à mistura

A cor do cimento queimado colorido vem dos pigmentos adicionados à mistura (Blog Essência Móveis/Reprodução)

Há também o porcelanato com acabamento de cimento queimado, que imita o efeito do material. A sua vantagem é a facilidade de encontrar mão de obra qualificada e a oportunidade de inseri-lo em áreas de contato com água, como box de banheiro. Já a desvantagem é o maior custo e a necessidade de maiores juntas de dilatação.

Tinta de cimento queimado e papéis de parede também conseguem se assemelhar ao material, com uma grande variedade de opções disponíveis no mercado. Estas alternativas permitem a troca mais fácil, caso o morador enjoe do revestimento. Por fim, há o cimento queimado polido ou concreto polido, que traz a agilidade industrial na execução.

Veja também

A quais estilos ele se aplica

 

Feitos de alvenaria e cimento queimado cinza-claro, a lareira e o banco lateral com nichos para livros e objetos formam um bonito conjunto com o piso, cuja massa recebeu pigmento ocre

Feitos de alvenaria e cimento queimado cinza-claro, a lareira e o banco lateral com nichos para livros e objetos formam um bonito conjunto com o piso, cuja massa recebeu pigmento ocre (Divulgação/Eduardo Pozella)

Como dito acima, o cimento queimado é uma opção de revestimento muito versátil. Junto a tons neutros, como branco, preto e cinza, o material pode ser utilizado para construir um estilo clássico, por exemplo.

Já quando se trabalha junto a peças de madeira, por exemplo, é possível alcançar o estilo rústico. Se é de seu desejo ter esse estilo em sua casa, invista em peças mais brutas, de materiais inacabados.

 (Denilson Machado/Casa.com.br)

Tijolos, madeiras com texturas e tubulações aparentes, quando combinados com o cimento queimado, podem deixar o ambiente com um estilo mais industrial.

Já o cimento queimado presente ao lado de papéis de parede e peças vibrantes, mobiliário descolado e outros materiais, como vidro, pode dar toques contemporâneos ao espaço. As opções são muitas e tudo vai depender do morador e do estilo que ele deseja abraçar em seu projeto.

Como combinar o cimento queimado

Para a composição do décor com a base de cimento queimado, vale muito: seja tijolinhos aparentes, seja móveis em madeira bruta, seja letreiros neon. Cores também são bem vindas para fazer um contraponto ao tom neutro do revestimento.

Confira algumas inspirações na galeria abaixo:

Como aplicar cimento queimado na parede e no chão

 

Para aplicar cimento queimado em uma superfície, você deve prepará-la antes. Limpe o contrapiso ou a parede e remova qualquer vestígio de gordura ou produtos químicos. Em seguida, prepare a argamassa, estabelecendo uma medida de cimento para quatro de areia. Adicione água e os aditivos até perceber que a mistura está cremosa.

 (Tomas Dittrich/BowerBird)

Aplique a argamassa sobre a superfície, espalhando-a com uma colher de pedreiro. A cada 1 ou 2 metros, adicione as juntas de dilatação para evitar que o cimento fique rachado.

Com a superfície úmida e homogênea, polvilhe o pó de cimento fino e peneirado para cobrir toda a área. Depois, alise o piso com uma desempenadeira e busque o maior nivelamento possível.

Quais os cuidados necessários

É importante deixar o cimento secar por pelo menos dois dias e depois lavar a superfície com água e sabão de coco.

Além disso, é preciso aplicar um impermeabilizante ou um selador sobre o cimento queimado, evitando que o produto absorva água, gordura ou outras impurezas capazes de danificá-lo.

Outro ponto de importância é que, em ambientes úmidos, é necessário ter cuidado. Como o material é liso, pode ficar escorregadio se aplicado no piso. Nesse caso, talvez seja melhor utilizar uma parede de cimento queimado.

Comentários

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.