Casa Created with Sketch.

Como definir o box do banheiro? Especialistas dão as dicas!

Tipo de abertura, materiais e durabilidade são algumas das questões que devem ser levadas em conta

O box é praticamente unânime no lar dos brasileiros. Este elemento promove privacidade e preserva o restante do espaço da água do chuveiro. Diferentes modelos de box de banheiro disponíveis no mercado geram dúvidas comuns sobre qual o melhor para o ambiente. E cair no erro quando não se tem orientação é fácil.

 (Maura Mello/Casa.com.br)

A seguir, confira as dicas que as arquitetas Paula Passos e Danielle Dantas, à frente do Dantas & Passos Arquitetura, dão para conciliar conforto e comodidade na escolha deste elemento tão importante.

1. Pesquisa de mercado

Antes de qualquer coisa, faça uma pesquisa básica sobre modelos, preços, acabamentos e tamanhos para entender qual mais agrada e combina com o estilo da sua decoração.

 (Maura Mello/Casa.com.br)

Ainda assim, as arquitetas alertam que, apesar de ser um item fundamental para compor a decoração do banheiro, é importante levar em conta a funcionalidade de bloqueio da água do banho, e por essa razão, deve ser incluído já no projeto inicial para poder unir bom gosto e também a circulação dos moradores. “Durante a obra, é primordial delimitar a área do box com um pequeno desnível no piso, que ajuda no escoamento da água para o ralo”, explica a arquiteta Paula Passos.

2. Dimensões

Determinar a altura do box é importante para conseguir um modelo mais sofisticado para o local. Os modelos geralmente apresentam 1,90 m, mas as arquitetas recomendam uma metragem de 2,10 m. “Essa decisão é benéfica tanto para deixar um visual mais alongado e elegante no conjunto do banheiro, como também para proteger de respingos, principalmente quando o morador é mais alto”, destaca Paula.

3. Defina a abertura do box

Algumas das opções de abertura do box, como se vai ser de correr ou abrir, são importantes para para o melhor aproveitamento do espaço. O modelo frontal, com dobradiças metálicas, pode ter puxadores em barras decorativas e é sugerido para banheiros mais amplos — assim também não compromete o deslocamento dos moradores.

Segundo Danielle, é possível contar com um modelo frontal com portas de correr para otimizar o espaço de abertura. “Com duas ou 3 folhas, a depender do tamanho do vão, a variação dispõe de uma parte fixa e igualmente pode apresentar puxadores decorativos”, afirma.

 (Maura Mello/Casa.com.br)

O outro modelo disponível é o de portas de correr, que pode ter trilhos convencionais na parte superior ou roldanas aparentes. “A versão de correr é, sem dúvida, a mais encontrada nos banheiros brasileiros”, afirma Paula. Por fim, os box de quina são ótimas soluções para áreas menores.

4. Escolha os materiais certos

É importante optar por materiais que sejam resistentes ao vapor e que não enferrujem. O vidro temperado é o mais indicado e também as estruturas de aço ou aço inox.

Além da questão da durabilidade, outro aspecto importante é o de segurança para os moradores. Os vidros temperados em caso de atrito se rompem em pedacinhos pouco cortantes e são mais fáceis de serem retirados os pedacinhos caso haja um acidente.

Em relação à espessura, as especialistas recomendam instalar box de vidro de 8 mm. E sobre os acabamentos, o vidro pode ser tradicional incolor, serigrafado com desenhos, translúcido (com efeito de textura fosca), esmaltado ou colorido.

 

Comentários

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.