O que é mais barato: gesso ou argamassa mista?

Na hora de dar acabamento a paredes e teto, bate a dúvida: sai mais barato cobri-los de gesso ou argamassa mista?

Por Por Marcio Moraes, arquiteto Atualizado em 14 dez 2016, 12h30 - Publicado em 18 dez 2014, 19h53
01-o-que-e-mais-barato-gesso-ou-argamassa-mista

Com alvenaria e lajes prontas, chega o momento de iniciar a fase do revestimento, uma das mais onerosas da obra. Nesse instante, todo tipo de contenção de gastos é bem-vinda. Uma alternativa de economia está na aplicação de pasta de gesso – ou gesso liso, como também é conhecido – no lugar da cobertura tradicional de argamassa mista (cimento, cal e areia).

Essa opção, no entanto, pede planejamento. Deve ser feita pelo arquiteto ainda durante o projeto executivo, pois sua fina espessura (em torno de 5 mm) requer compensação com o dimensionamento certo e a defnição exata do material que será empregado na alvenaria de forma a não prejudicar o desempenho acústico da parede. Desse modo, os blocos precisam ser rugosos (como os de cimento ou cerâmicos não vitrifcados) para garantir boa absorção de água, aspecto fundamental quando se trata da aderência do gesso.

Seu baixo custo decorre da alta produtividade associada ao menor consumo de material, além de menos etapas na execução. A finalização – pintura, papel de parede, revestimento cerâmico, chapa laminada etc. – pode acontecer após regularização e lixamento.

Já a durabilidade depende da atenção extra a três condições. A primeira diz respeito à regularização da superfície: se necessário, corrija problemas com massa de cimento e areia. Na sequência, investigue se pode acontecer a ascensão de umidade, especialmente em regiões úmidas ou litorâneas, fator importante na qualidade da pintura e na frequência da manutenção. Por fim, proteja elementos metálicos (a exemplo de caixa de luz, caixilhos, tubulações e semelhantes) com pintura anticorrosiva, já que o gesso causa esse tipo de dano quando não há prevenção.

Continua após a publicidade

 

Quanto custa vestir a casa

 

Os números abaixo representam um valor médio para a cobertura das paredes e do forro de um sobrado de 227, 50 m², mesmo padrão utilizado como referência para o Índice A&C.

02-o-que-e-mais-barato-gesso-ou-argamassa-mista
Continua após a publicidade

Publicidade