Casa Created with Sketch.

Estante funcional para gatos é destaque neste apê de 80 m²

Assinado pelo Studio 92 Arquitetura, o projeto promoveu integração entre os ambientes e um décor colorido e algere

 (Mariana Orsi/Casa.com.br)

Há quem diga que pet é filho, mas neste apartamento de 80 m², em Pinheiros (São Paulo), eles também ganham o título de moradores. Isso porque as três gatinhas do casal proprietário foram extremamente consideradas no momento da construção do projeto, desenhado pelas arquitetas Débora Terra e Jessica Pereira, do Studio 92 Arquitetura.

 (Mariana Orsi/Casa.com.br)

Uma das solicitações dos moradores, por exemplo, foi criar um projeto que mantivesse os gatos longe da cozinha, uma vez que, no outro apartamento, um dos animais sofreu um acidente no fogão.

Pets no comando

Para manter a segurança e o bem estar dos bichanos, o escritório projetou uma cozinha fechada e integrada ao mesmo tempo.

 (Mariana Orsi/Casa.com.br)

O truque foi desenhar uma grande porta de correr em serralheria e vidro para integração dos ambientes, criando uma barreira física e a dissolvendo quando necessário. Esta solução trouxe a ventilação cruzada e iluminação natural, deixando toda área social bastante arejada e com vista para tudo o que acontece na cozinha.

 (Mariana Orsi/Casa.com.br)

Ainda cozinha, as arquitetas instalaram um ladrilho em tom de goiaba, enquanto os armários inferiores foram laqueados em azul claro e os armários superiores receberam tons mais neutros, como branco e amadeirado.

 (Mariana Orsi/Casa.com.br)

A delicadeza fica por conta das portas em serralheria branca e vidro canelado. Para dar suporte à área do cooktop, foi projetado um porta-temperos em inox branco e chapa perfurada.

Veja também

 (Mariana Orsi/Casa.com.br)

Já a área de serviço, por ser integrada à cozinha, recebeu a mesma paleta de cor e revestimento, com o armário em laca verde dando continuidade à bancada de quartzo branco.

Marcenaria para brincar

 

 (Mariana Orsi/Casa.com.br)

A estante da sala tem um papel muito importante e funcional no projeto, pois foi desenhada para ter o uso de “playground” pelos gatos, como também para receber objetos de decoração. Assim, os gatos conseguem o acesso para apenas alguns nichos e prateleiras, de forma que sua circulação é limitada para não acessarem as partes que contêm os itens decorativos.

Integração

 

 (Mariana Orsi/Casa.com.br)

A integração de espaços, presente no imóvel, é uma marca do Studio 92 Arquitetura, que busca em todos os seus projetos criar uma interação entre os integrantes da casa e seus convidados. Então quanto maior o espaço social, melhor. Na planta original deste apartamento, a área da sala de jantar era um lavabo e o espaço existente no novo projeto entre estante e sofá era um outro quarto.

 (Mariana Orsi/Casa.com.br)

Ambos foram demolidos e integrados ao apartamento, ampliando assim a área social e mantendo uma planta mais espaçosa e com melhor setorização e circulação entre os ambientes.

Áreas sociais

 

 (Mariana Orsi/Casa.com.br)

Na sala de jantar, foi criada uma cristaleira em marcenaria com portas em serralheria com vidro canelado e LED interno com sensor de acendimento automático. A opção por um modelo de mesa redonda com cinco cadeiras, inclusive, foi para garantir um acesso confortável a esta cristaleira.

 (Mariana Orsi/Casa.com.br)

sala de estar, a parede da TV recebeu um revestimento de tijolinhos rústicos brancos e um porta-lembranças em serralheria preta e vidro para expor os souvenirs adquiridos em viagens dos moradores.

Intimidade artística

 

 (Mariana Orsi/Casa.com.br)

No hall íntimo, uma arte de Lanó se inicia logo na parede da porta de acesso ao quarto do casal e se completa na parede da cabeceira da cama de casal projetada em marcenaria com gavetas de ambos os lados. Também na entrada fica um armário aberto embutido em nicho existente na parede com uma porta de espelho que corre por toda sua extensão.

 (Mariana Orsi/Casa.com.br)

Além disso, há uma penteadeira com uma porta tipo basculante para armazenar itens de maquiagem com espelho e LED na parte interna. Do lado esquerdo da cama – lado dele –, fica uma mesa de cabeceira.

Lavabo e banheiro ladrilhos com cor e geométricos

 

 (Mariana Orsi/Casa.com.br)

No banheiro do casal, as arquitetas optaram por revestir o piso com ladrilho hidráulico modelo hexagonal em tons de verde e branco e aplicar um revestimento branco liso nas paredes internas do box. O banheiro social, por sua vez, foi transformado em um tipo de lavabo para o dia a dia.

 (Mariana Orsi/Casa.com.br)

O box com chuveiro, porém, foi mantido para ser usado em caso de se receber hóspedes. A sua parede recebeu um modelo hexagonal de ladrilho em tons de mostarda e branca.

Curtiu? Veja mais fotos na galeria abaixo:

Comentários

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.