Casa Created with Sketch.

Piso para casa: tudo que você precisa saber para fazer a melhor escolha

Eleger o piso ideal para o seu lar é uma decisão difícil que requer muita análise do ambiente e estilo de decoração. Confira dicas!

O piso é um item fundamental na composição de um design de interiores. Isso porque a escolha certa cria uma atmosfera que vai de encontro com o estilo que o morador deseja para o seu cantinho.

Além da questão estética, cada piso tem uma exigência específica em relação aos cuidados para garantir sua durabilidade. Os modelos mais indicados – e comumente utilizados em projetos residenciais são:

  • Cerâmica;
  • Cimento queimado;
  • Porcelanato;
  • Granito;
  • Mármore;
  • Laminado;
  • Carpete;
  • Taco de madeira.

A seguir, entenda os cuidados necessários para cada um dos pisos citados e entenda como eles podem fazer bonito quando aliados a um projeto de decoração inovador!

1- Cerâmica

 (Parceria entre os arquitetos Helena Pedreira (M/PA Arquitetos) e Kanô Ferreira (Plure Arquitetura) | Foto: Maíra Acayaba/Divulgação)

A cerâmica é um dos pisos mais populares encontrados na casa dos brasileiros. Ela é produzida com argila, e conta com uma variedade bem grande de exemplares com acabamentos e modelos diferentes para agradar a todos os gostos.

Além de proporcionar um acabamento próprio, a cerâmica é capaz de imitar outros tipos de piso – como os de madeira, por exemplo. Seja natural ou acetinado, o revestimento é bastante resistente e capaz de se adequar a todos os estilos de decoração.

Manter um acabamento em cerâmica não é tão desafiador. Eles são de fácil higienização e se aplicam bem em todos os ambientes de casa. Com os cuidados certos, esse piso chega a durar 20 anos.

Mas como aplicar o piso de cerâmica? Com tantas opções, o ideal é avaliar o que melhor se encaixa de acordo com o cômodo. Em locais como cozinha e banheiro, o ideal é optar por modelos menos escorregadios e mais ásperos que são resistentes e seguros.

Já em locais como sala e quarto, pisos lisos podem ser melhor aproveitados e de quebra ainda deixam o espaço sofisticado.

2- Cimento queimado

Cadeira Eos, design Humberto da mata, na Estar Móveis; esculturas Bem Bolado, de Nil Morais, na Dpot objeto; mesas e vasos Terra, design Giacomo Tomazzi; poltrona La Central, design Cremme; manta Tulipa, design Paola Muller; tapete Gema, design Kiko Maldonado na ByKamy; copo da série Líquida, design Heloisa Galvão; balaio da tribo Kuripako e balaio da tribo Tukano, da Arte Tribal, na Feira na Rosenbaum. Produção Michell Lott.

Cadeira Eos, design Humberto da mata, na Estar Móveis; esculturas Bem Bolado, de Nil Morais, na Dpot objeto; mesas e vasos Terra, design Giacomo Tomazzi; poltrona La Central, design Cremme; manta Tulipa, design Paola Muller; tapete Gema, design Kiko Maldonado na ByKamy; copo da série Líquida, design Heloisa Galvão; balaio da tribo Kuripako e balaio da tribo Tukano, da Arte Tribal, na Feira na Rosenbaum. Produção Michell Lott. (Cadeira Eos, design Humberto da mata, na Estar Móveis; esculturas Bem Bolado, de Nil Morais, na Dpot objeto; mesas e vasos Terra, design Giacomo Tomazzi; poltrona La Central, design Cremme; manta Tulipa, design Paola Muller; tapete Gema, design Kiko Maldonado na ByKamy; copo da série Líquida, design Heloisa Galvão; balaio da tribo Kuripako e balaio da tribo Tukano, da Arte Tribal, na Feira na Rosenbaum. Produção Michell Lott. (André Klotz/Casa.com.br)/Casa.com.br)

O cimento queimado é uma aposta para ambientes que seguem uma atmosfera industrial. Ele vem se tornado uma forte tendência na decoração – seja no acabamento do piso ou nas paredes.

Com um estilo contemporâneo, o piso de cimento queimado além de bonito traz uma sensação aconchegante e cheia de personalidade para o local.

Ele pode ser incluído em praticamente todos os cômodos: quarto, sala, banheiro, cozinha, etc. Existem três acabamentos em cimento queimado mais comuns disponíveis no mercado atualmente: cinza ártico, cinza grafite e cinza outono.

Em ambientes com metragens reduzidas, optar por tons mais claros é uma ideia esperta para manter o estilo industrial sem comprometer a noção de espaço disponível.

Outra ideia para combinar a decoração com o piso de cimento queimado é escolher tons neutros nos móveis e artigos decorativos. A atmosfera minimalista dá um charme especial e a composição fica bastante moderna!

3- Porcelanato

 (Julia Herman/Casa.com.br)

O porcelanato é um piso feito com materiais nobres bastante utilizado em projetos residenciais que prezam por sofisticação em sua décor.

Por ter diferentes tipos de acabamento, o porcelanato pode ser utilizado na composição de diversos estilos de decoração:

Os modelos mais ásperos e escuros, são excelentes opções para compor varandas e jardins – dando uma aparência mais rústica ao espaço. Já o porcelanato polido possui uma superfície lisa e brilhante, perfeito para salas de estar e jantar e quartos, em que o ambiente é mais seco.

Para ambientes molhados – como banheiros e cozinhas – o melhor é optar por um modelo acetinado, que apesar de ser menos brilhoso, é mais seguro por ser menos escorregadio.

Assim como a cerâmica, o piso de Porcelanato imita diferentes texturas, e por essa razão, garante uma aplicação exponencial que abraça diferentes estilos. Você poderá encontrar porcelanatos imitando madeira, cimento, mármore, em diferentes cores e texturas.

4- Granito

 (Projeto Marília Pellegrini e Romulo Fialdini/CASACOR)

O granito é uma pedra formada a partir da combinação de três minerais: mica, quartzo e feldspato. Em projetos que prezam pela sofisticação e requinte, os pisos desse material costumam ser uma boa aposta!

O piso de granito pode ser utilizado tanto em ambientes internos como externos. Ele é resistente a arranhões e a desgastes químicos. Além disso, o morador pode ficar tranquilo em relação à limpeza, pois o material tem uma superfície lisa que não absorve gordura, o que torna a higienização mais rápida.

Para manter a qualidade e o brilho do piso, é importante considerar polir a superfície do granito. Isso fará com que a sua durabilidade seja ainda maior, e de quebra retirar manchas que aparecem com o tempo.

Em relação à decoração do espaço, manter o mesmo modelo de granito em todos os cômodos pode deixar a atmosfera monótona. Invista em diferentes texturas e cores que se conversem para criar uma composição harmoniosa e divertida.

5- Mármore

 (Divulgação/CASACOR)

O mármore é uma pedra feita por meio da calcita, que oferece leveza ao ambiente. É uma solução esperta para incluir em projetos que tenham como objetivo criar um espaço mais refrigerado, deixando a superfície agradável nos dias mais quentes.

Os pisos em mármore (principalmente os clássicos, lisos e brancos) são menos resistentes do que os de granito. No entanto, a sofisticação e o frescor que transmitem ao ambiente compensam. Por essa razão, são mais indicados dentro de casa em locais como sala e quarto.

Já nos banheiros e na cozinha, o ideal é optar por essa pedra em outras superfícies, como nas paredes, por exemplo.

6- Laminado

 (Célia Mari Weiss/Casa.com.br)

O piso laminado é uma escolha bastante cogitada para salas de estar, quartos e até cozinhas. O ideal é que fiquem em ambientes internos, pois, diferente dos outros, são modelos mais sensíveis às ações do tempo.

Uma das principais vantagens que o piso laminado apresenta é o ótimo custo-benefício e uma versatilidade imensa de opções de acabamento. Os modelos mais comuns de laminados são os que imitam madeira.

Ele não é um material brilhante, e por essa razão, apresenta uma atmosfera sóbria na composição dos espaços.

Vale ressaltar que esses pisos costumam ser mais quentes do que a média e oferecem isolamento térmico, garantindo aconchego ao espaço.

Por isso, em residências que possuem uma incidência muito grande de calor interno – como as construções com lajes de cerâmica que absorvem a temperatura – o ideal é conciliar o laminado com outros elementos que passem frescor – como plantas, por exemplo.

7- Carpetes

Cenário Perfeito no Quarto de Casal – Susana Damy. Com uma mínima intervenção, este espaço foi pensado no conforto e bem estar do morador que está em fase transição de casas e precisa ter seu imóvel impecável para encantar seus
futuros moradores. O dormitório do casal é um dos ambientes mais desejados em uma residência e para trazer interesse e ar de modernidade ao antigo cômodo, foi instalado um carpete vinílico sobre o antigo piso de madeira. O projeto também conta com mobiliário e acessórios versáteis, que podem ser facilmente adaptados em uma próxima residência.

Cenário Perfeito no Quarto de Casal – Susana Damy. Com uma mínima intervenção, este espaço foi pensado no conforto e bem estar do morador que está em fase transição de casas e precisa ter seu imóvel impecável para encantar seus
futuros moradores. O dormitório do casal é um dos ambientes mais desejados em uma residência e para trazer interesse e ar de modernidade ao antigo cômodo, foi instalado um carpete vinílico sobre o antigo piso de madeira. O projeto também conta com mobiliário e acessórios versáteis, que podem ser facilmente adaptados em uma próxima residência. (Projeto Susana Damy/Casa.com.br)

Aspirar com frequência, lidar com manchas de imediato e, se necessário, para sujeiras mais profundas, buscar ajuda de empresas especializadas são algumas das boas práticas quando se tem carpete em casa.

A vantagem do revestimento é que ele possui diversas opções de cores que se adaptam ao estilo do ambiente e ao gosto do morador.

8- Taco de madeira

 (Rafael Renzo/Divulgação)

O taco de madeira é um piso atemporal que faz bonito no design de interiores há tempos. Ainda que seja antigo, não perdeu seu charme, e vem sendo reinventado ano após ano em projetos modernos e sofisticados.

Ideal para compor salas de estar, quartos e varandas fechadas, o taco de madeira é indicado para ambientes secos – pois a água reduz sua durabilidade e vida útil.

A higienização dos tacos de madeira deve ser feita com água morna, detergente em pequenas quantidades e produtos de limpeza. Em seguida, é fundamental deixar o piso seco para evitar seu desgaste.

Utilizar pisos em taco de madeira passa aconchego e leveza e pode compor diferentes estilos: minimalistas, contemporâneos, vintage, clássicos, etc.

Há também quem opte por utilizar resina para deixar os tacos brilhosos, além de ajudar a deixar o acabamento menos opaco, também garante resistência ao material.

Comentários

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.