Casa Created with Sketch.

Em Brasília, um apê charmoso com piso de taco e parede de tijolinho

A reforma trouxe integração aos espaços e valorizou as raízes nordestinas dos moradores na decoração

 (Júlia Tótoli/Casa.com.br)

Este apartamento fica em uma das primeiras quadras construídas no Plano Piloto em Brasília e foi um achado dos clientes do escritório Lez Arquitetura, das arquitetas Gabriella Chiarelli e Marianna Resende. O imóvel tinha piso original de taco de madeira, janelas amplas e um pé-direito generoso. Características ideais para as profissionais o transformarem em um ambiente espaçoso e acolhedor. Para isso, fizeram uma reforma em que reorganizaram os fluxos e as divisões dos ambientes.

 (Júlia Tótoli/Casa.com.br)

O que os clientes mais queriam era que as arquitetas transformassem o apartamento em um refúgio, com espaços onde eles pudessem se esticar e relaxar no final do dia. Por isso, cada detalhe foi pensado com essa intenção.

Em épocas normais (sem ser em uma pandemia), os moradores costumam receber visitas com frequência. Por isso, precisavam de uma grande área social, com espaço para família e amigos. Assim, o principal ponto do projeto foi integrar a sala de estar com a sala de jantar e a cozinha. “Demolimos a parede que fazia o fechamento e transformamos tudo em uma só área”, explica Gabriella.

 (Júlia Tótoli/Casa.com.br)

Na cozinha, as arquitetas desenharam uma bancada de granito em L, que possibilita a comunicação entre os ambientes e facilita o dia a dia da família. “A ilha com cooktop sustenta o banco suspenso revestido de ladrilho hidráulico azul, que serve como assento para a mesa de jantar”, conta Marianna. Detalhe: há espaço para a até 12 pessoas. Já a lavanderia foi transferida para onde, antes, existia um quarto e, assim, possibilitou o aumento da cozinha.

 (Júlia Tótoli/Casa.com.br)

As raízes nordestinas dos moradores também foram levadas em consideração na hora de elaborar o projeto. As arquitetas usaram os revestimentos, objetos de decoração e mobiliário para criar relações entre o centro-oeste e o nordeste. “Priorizamos materiais que remetiam ao artesanato e natureza, criando uma atmosfera aconchegante”, diz Gabriella.

 (Júlia Tótoli/Casa.com.br)

Em termos de estrutura, as arquitetas desenharam bancadas de concreto aparente, que foram executadas durante a obra, na sala e no lavabo. Esses elementos foram pintados na cor açaí para se contrapor com os tons neutros do piso. Já a laje existente foi mantida e recebeu acabamento de concreto para se integrar ao projeto. As paredes ganharam texturas brancas, que variam entre textura de chapisco, tijolinhos e pintura. No piso, o taco original do apartamento foi restaurado e brilha na decoração.

A suíte master foi ampliada com a diminuição do banheiro para ganhar um grande closet com fechamento de espelhos para refletir a parte externa. Ali, as janelas se abrem para a copa das árvores.

Quer ver mais fotos deste projeto? Então, navegue pela galeria abaixo!

 

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s