Casa Created with Sketch.

Apê de 560 m² recebe materiais rústicos e cavaletes de Lina Bo Bardi

O projeto é do escritório Meireles Pavan Arquitetura, que trouxe ao Brasil, pela primeira vez, o uso do mármore Ceppo di Gre e utilizou o imóvel

 (Fran Parente/BowerBird)

Localizado no bairro nobre dos Jardins, em São Paulo, este apartamento de 560 m² foi projetado pelo escritório Meireles Pavan Arquitetura. O projeto teve como conceito principal a utilização de materiais exclusivos e rústicos, trazendo um resultado moderno e ao mesmo tempo confortável para proprietários e hóspedes.

 (Fran Parente/BowerBird)

No hall de entrada, foi montada uma galeria de arte onde o protagonista principal foi o mármore Ceppo di Gre – utilizado pela primeira vez no Brasil – tanto no piso quanto no teto, trazendo ao visitante a sensação de entrar em uma “caverna”.

Para compor, as portas giratórias são revestidas com palha de bananeira natural. Buscando suscitar a apreciação da arte, o escritório utilizou cavaletes de Lina Bo Bardi.

 (Fran Parente/BowerBird)

Além disso, em toda a extensão do apartamento, há um delicado forro de madeira de carvalho europeu tingido para dar destaque e aconchego aos moradores.

Veja também

 (Fran Parente/BowerBird)

Todos os móveis de decoração foram cuidadosamente customizados com tecidos e acabamentos para aprofundar o desejo por um ambiente aconchegante e confortável solicitado pelos moradores. A pintura das paredes também traz a ideia do mesmo sentimento aos visitantes, enquanto a varanda integrada com grandes portas de correr traz uma maior extensão dos cômodos.

 (Fran Parente/BowerBird)

Já a cozinha foi projetada para realizar diversas funções, como tarefas diárias e receber amigos para um eventual jantar gourmet.

 (Fran Parente/BowerBird)

Do outro lado da cozinha fica o home theater integrado à adega do casal, que guarda uma vasta seleção de vinhos adquirida em viagens ao redor do mundo.

Curtiu? Confira então mais fotos do projeto na galeria abaixo:

*Via BowerBird

 

Comentários

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.