Apê de 103 m² recebe tons neutros e fica integrado após reforma

Danyela Corrêa assina o projeto, pensado para uma senhora que mora sozinha mas é visitada por netas

Por Yara Guerra Atualizado em 3 Maio 2022, 14h30 - Publicado em 5 Maio 2022, 13h00
Sala de estar com sofá bege claro e décor em tons neutros
Gustavo Awad/Casa.com.br

Localizado no bairro Granja Julieta, em São Paulo, este apartamento de 103 m² recebeu um projeto da arquiteta Danyela Corrêa pensado para uma senhora que mora sozinha, mas gostaria de espaço para receber os seus familiares e netas.

A profissional havia feito outro projeto para ela anteriormente e, por isso, utilizou todo o mobiliário solto que a moradora já possuía neste novo imóvel. A cozinha foi integrada à sala, enquanto a suíte master foi aumentada e o banheiro teve seu layout reorganizado para uma melhor circulação.

Sala de estar integrada à cozinha e à varanda
Gustavo Awad/Casa.com.br

“Baseados nos itens existentes fizemos as escolhas dos materiais e cores que iriam compor com o que já havia ali, dando unidade visual ao ambiente”, conta Danyela.

No décor do apê, predominam tons como areia, bege e marrom. Já os principais materiais utilizados foram o MDF, a madeira natural escura dos móveis existentes e o porcelanato para o piso.

Varanda de tons neutros integrada à sala de estar
Gustavo Awad/Casa.com.br
Continua após a publicidade

Há um quarto de hóspedes no imóvel que também pode ser utilizado como sala de TV íntima e home office. Danyela projetou também uma suíte para as netas da moradora, que conta com duas camas sobrepostas em L, liberando espaço para brincarem.

Cozinha com marcenaria clara e mesa de jantar integrada à sala
Gustavo Awad/Casa.com.br

“Uma das nossas preocupações na hora de criar este projeto foi evitar o uso excessivo de diferentes tipos de lâmpadas para facilitar a manutenção ao longo prazo para a moradora”, explica a arquiteta.

Sala com estante cheia de souvenirs e lembranças da moradora
Gustavo Awad/Casa.com.br

Por isso, ela optou por uma composição de circuitos com iluminação direta e indireta, dando opções à moradora. Somente na varanda precisou-se seguir o padrão do condomínio, apenas dimensionando a potência mais apropriada para uma boa iluminação do espaço.

“Fiquei apaixonada pelo quarto das netas e pela estante da sala, que foi projetada exatamente pensando em expor os quadros existentes, lembranças de família e viagens que já pertenciam à moradora”, diz Danyela.

Curtiu o projeto? Confira mais fotos na galeria:

Continua após a publicidade

Publicidade