Madeira, tijolo e concreto conversam neste apê de 180 m²

O projeto é do escritório C2HA Arquitetos, que optou por cores neutras e criou ambientes modernos e confortáveis

Por Redação Atualizado em 29 abr 2022, 21h39 - Publicado em 1 Maio 2022, 13h00
Sala de estar com painel de tijolinhos marrons, sofá branco e mesa de centro de tronco de madeira
Gisele Rampazzo/Casa.com.br

Localizado no bairro dos Jardins, em São Paulo, este apartamento de 180 m², recebeu um novo projeto assinado pelo escritório C2HA Arquitetos, que tem à frente os sócios Ivan Cassola, Fernanda Castilho e Rafael Haiashida.

O casal de moradores desejava que o novo lar fosse moderno, confortável, com ambientes fluidos e adequados à rotina da família. Como ambos precisam trabalhar de casa algumas vezes, pediram também por um home office mais isolado e funcional.

Home office com prateleira e mesa de madeira e cadeiras transparentes
Gisele Rampazzo/Casa.com.br

Além disso, eles solicitaram uma brinquedoteca para a filha pequena –, um espaço exclusivo para ela se sentir à vontade para brincar e bagunçar como quiser.

Home office com sofá preto e quadros coloridos na parede
Gisele Rampazzo/Casa.com.br

Com os pedidos em mão, os profissionais tiveram como ponto de partida trazer o estilo cosmopolita ao apartamento, com acabamentos mais urbanos e, ao mesmo tempo, quebrar a monotonia e criar ambientes mais interessantes com alguns toques rústicos.

Sala de estar integrada ao jantar com tons neutros e décor moderno e leve
Gisele Rampazzo/Casa.com.br

Dessa forma, o escritório optou por um porcelanato em formato grande que simula o aspecto do concreto para os pisos da sala e da cozinha, e pelo cimento queimado para as paredes da cozinha e do lavabo.

Cozinha com armários brancos e backsplash com tijolinhos brancos
Gisele Rampazzo/Casa.com.br

As quebras com detalhes rústicos aconteceram com a parede de tijolos na sala de estar e no tom mais quente do painel de madeira. Nas áreas íntimas, o taco de madeira existente foi reaproveitado e restaurado, proporcionando mais aconchego aos quartos.

Sala de estar com painel da Tv de tijolinhos e painel de madeira
Gisele Rampazzo/Casa.com.br
Continua após a publicidade

Para um resultado impactante, mas à prova do tempo, os arquitetos apostaram em cores mais neutras nos demais ambientes, como o branco e o cinza, que garantiram mais destaque aos itens de decoração e leveza ao projeto final.

O principal desafio, segundo os arquitetos, foi a instalação dos equipamentos de ar-condicionado. Como o apartamento não tinha um pé direito em uma altura que permitisse instalar um forro de gesso, especialmente na sala de estar, foi preciso dividi-lo em dois núcleos diferentes e utilizar duas condensadoras para evitar muitos cortes na passagem da infraestrutura.

Sala de estar integrada com o jantar com décor leve e neutro
Gisele Rampazzo/Casa.com.br

As condensadoras foram posicionadas na varanda da sala – que por ser muito estreita não teria tanta funcionalidade – e para disfarçar as máquinas e dificultar o acesso para filha do casal, os arquitetos apostaram no paisagismo e selecionaram diversos tipos de plantas para fazerem parte do ambiente.

Sala de jantar com cadeiras de madeira e palhinha e parede com prateleiras
Gisele Rampazzo/Casa.com.br

O grande destaque do projeto fica para a sala de estar muito ampla e com contrastes de materiais que dialogam muito bem: madeira, tijolo e concreto. Com design marcante, foram privilegiados móveis que complementam a mistura do urbano com o rústico e agregam ao visual do apartamento.

Graças aos painéis articulados em madeira foi possível flexibilizar o uso dos espaços, separando ou incorporando completamente a cozinha da área social.

Painel de madeira que integra a cozinha à sala de estar
Gisele Rampazzo/Casa.com.br

O projeto de iluminação foi pensado com o intuito de possibilitar uma série de cenários para diferentes momentos do dia: com iluminação indireta para ocasiões mais relaxantes e luzes gerais para períodos de trabalho que exigem mais foco e atenção.

Além disso, a iluminação com trilhos na sala de estar também cumpre a função de decorar através da luz, já que este tipo de estrutura permite mover os spots de LED conforme a necessidade e a preferência, iluminando vários pontos de acordo com a disposição dos móveis ou objetos decorativos.

Curtiu? Confira mais fotos e detalhes na galeria:

Continua após a publicidade

Publicidade