Boiserie: decoração de origem francesa que veio pra ficar!

Saiba mais sobre o recurso utilizado em palácios franceses e como aplicá-lo no décor da sua casa

Por Redação Atualizado em 26 mar 2022, 00h06 - Publicado em 28 mar 2022, 13h00

boiserie

Não tem jeito, é fato: quando se entra em um ambiente decorado com boiserie, qualquer um sente a elegância da decoração. Muito comum nas casas nobres da França nos séculos XVII e XVIII, o recurso voltou a ser tendência nos lares de hoje em dia.

Não sabe o que é boiserie? A gente te explica e dá algumas dicas de como aplicá-la no décor de forma harmônica. Confira:

O que é a boiserie?

boiserie
Luis Gomes/Minha Casa

A boiserie nada mais é que uma moldura desenhada na parede, como um relevo. Ela pode ser aplicada em qualquer ambiente e mesmo em portas, armários e móveis. Além disso, pode ser utilizada também como moldura para quadros ou cabeceira de cama.

O recurso era tradicionalmente feito de madeira, mas, atualmente, pode ser encontrado em poliuretano, EVA, gesso, cimento e até mesmo isopor, o que pode deixar o orçamento mais barato. A boiserie pode ser encontrada já pronta, mas quem gosta de um bom DIY pode se aventurar também em casa, produzindo o próprio acessório.

Como aplicar a boiserie na decoração?

Sala de jantar e estar integrada, parede cimento queimado, poltrona vinho

Como em qualquer projeto, é preciso se atentar ao estilo do ambiente antes de sair inserindo boiserie em todos os lugares. Mas a moldura vai bem em muitos casos, tenha a casa um estilo geral clássico ou contemporâneo.

A tinta acrílica é a melhor opção para a pintura de boiserie – principalmente em materiais como gesso e isopor –, pois tende a durar mais e apresenta menos risco de desbotamento. Para ambientes mais clássicos, opte por tons neutros; já para projetos mais modernos, está permitido usar cores mais ousadas e vibrantes.

Continua após a publicidade

Foyer Bienvenue - Lisandro Piloni. O projeto é a porta de entrada para os outros 74 ambientes da mostra. Um vão com 12m de largura e um pé direito de 5m moldam a entrada do espaço que mescla elementos da pop art com a base clássica de boiseries, típicos do século XVII e XVIII. Mais adiante, um grande hall revestido de carpete traz a escadaria com uma passarela em vermelho vivo, digna das marcantes cenas da realeza. Obras de arte contemporânea, em telas e esculturas, dão o contraste entre o novo e o antigo. O mobiliário moderno cria uma grande sala que serve de bilheteria para o evento.

Neste segundo caso, vale ter parcimônia ao pensar na paleta do ambiente: se você optou por cores nas paredes, utilize tons mais neutros em móveis e acessórios, como tapetes e cortinas.

Você pode usar as boiseries de formatos variados combinadas ou de formato padrão seguidas umas das outras. Mas também pode optar pelo uso de complementos, como quadros, fotos, esculturas ou espelhos dentro das linhas das molduras.

ambiente com boiserie
Renato Elkis/CASACOR

Para ambientes úmidos, evite o uso de materiais como gesso e madeira e prefira o uso de poliuretano, que tem a base em plástico, ou EVA.

Você também pode utilizar boiseries apenas em meia parede, o que traz uma sensação de horizontalidade. Em ambientes como o lavabo, ainda ajuda a suavizar a transição entre os revestimentos.

Por fim, aproveite o uso de boiserie para destacar a iluminação do espaço. Que tal um mix entre luminárias e pendentes?

Ambientes com boiserie

Curtiu o recurso decorativo? Confira abaixo alguns projetos que utilizam boiseries para se inspirar:

Continua após a publicidade

Publicidade