Casa Created with Sketch.

Cavaleiros medievais ocupam café literário em Geneva

O espaço icônico centenário combina o seu legado intelectual com detalhes modernos

 (Régis Golay/Federal Studio/Designboom)

A famosa livraria de 1918, em Geneva – na Suíça – recebeu um novo visual proposto pelos arquitetos da empresa FdMP.  O design reúne livros e garrafas, mescla patrimônio e contemporaneidade, autores de ficção com fofocas no balcão – contrastes que produzem o charme do local. 

 (Régis Golay/Federal Studio/Designboom)

O Café Slatkine, para fundir as funções de livraria e café, possui duas grandes estantes idênticas e que permitem expor itens de diversos tamanhos. Posicionadas uma de frente para a outra – elas são utilizadas para iluminar livros de cima para baixo, de um lado, e, do outro, rótulos e bases de garrafas recebem destaque com luz de baixo para cima. 

Veja também

 (Régis Golay/Federal Studio/Designboom)

Todo o interior do espaço é revestido a carvalho, enquanto as paredes e o teto são pintados de cor cobre. As fotos para divulgação apresentam sua personalidade peculiar, em que cavaleiros medievais aparecem desfrutando o ambiente com naturalidade. Os visitantes estarão sempre muito bem acompanhados!

 (Régis Golay/Federal Studio/Designboom)

Para tornar o local ainda mais convidativo, uma sala de leitura com assentos e mesas está sempre pronta para receber um público que busca debater. Lâmpadas da década de 1920 acrescentam um toque de estilo art déco, produzindo uma ponte entre o classicismo e a modernidade – sempre relembrando a livraria inicial. 

 (Régis Golay/Federal Studio/Designboom)

Uma área isolada com o propósito de receber encontros íntimos também faz parte do ambiente. Este dispõe de uma prateleira com livros, abertura no teto que traz luz natural e uma fonte na parede, que exibe o contexto histórico do lugar, com arcos, molduras limpas e expostas – destacando as ruínas da cidade velha.

*Via Designboom

 

Comentários

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.