Cores para o quarto: existe uma paleta ideal? Entenda!

Saiba o que cada cor é capaz de provocar de acordo com a cromoterapia e quais são as melhores escolhas para uma boa noite de sono

Por Redação Atualizado em 21 fev 2022, 23h41 - Publicado em 23 fev 2022, 13h00
Laura U Interior Design/My Domaine

Para a cromoterapia e psicologia das cores cada cor é responsável por um efeito diferente em nossa rotina e emocional. Elas são capazes de influenciar as nossas emoções – não à toa nos sentimos mais dispostos em dias ensolarados e coloridos e mais preguiçosos naqueles dias de chuva e frio. Algumas cores estimulam a criatividade, outras induzem ao relaxamento.

Na hora de planejar um projeto, tudo isso deve ser considerado. Afinal de contas, há ambientes que precisam nos despertar mais energia, como a cozinha; já outros, como o banheiro ou o home theater, estão mais relacionados a momentos de bem-estar e descanso.

Com o quarto, não é diferente. O espaço é utilizado principalmente para a descompressão após o trabalho. É lá que recarregamos nossas energias com uma boa noite de sono e nos preparamos para os desafios do dia. E as cores podem ser grandes parceiras na construção do nosso humor.

Quer saber como escolher o tom certo para o seu quarto? Confira tudo abaixo:

Como escolher a cor para o quarto

 

Julia Robbs/My Domaine

A inserção de cor no quarto pode vir de diferentes formas. Você pode optar por pintar as paredes ou, se preferir, mantê-las neutras e apostar em detalhes coloridos, como toques de cor na marcenaria, roupas de cama, quadros na parede, tapetes e demais itens de decoração. Seja como for, saiba quais são as melhores cores para este ambiente:

Quais cores são indicadas para o quarto

 

Spacejoy/Unsplash

Antes de tudo, o que mais importa é o gosto pessoal de cada morador e a sua expectativa para aquele ambiente. Mas, de forma geral, espera-se que o quarto seja capaz de promover uma boa noite de sono. Para isso, o ideal é apostar em tons calmos e claros, como os tons neutros.

Para quartos pequenos, o ideal é pintar as paredes com tons claros e deixar as cores para itens pontuais no décor. Isso porque a claridade nas paredes promove uma sensação de amplitude que compensa a metragem pequena.

Quartos maiores permitem uma utilização de cores mais ampla. Para a cromoterapia, o amarelo estimula a concentração e a comunicação, além da alegria. Se você tem um home office dentro do quarto, talvez esta seja uma boa opção para decorar.

8-parede-geometrica-ambientes-quarto-parede-verde-boiserie-digsdigs
Reprodução/DigsDigs

O verde, por sua vez, referencia o natural e estimula a criatividade. A cor é capaz de criar um ambiente harmonioso e equilibrado – se é isso que você busca, não pense duas vezes.

Já o azul é a cor da tranquilidade e da calma, por isso é tão comumente escolhida para os quartos. Remetendo ao céu e ao mar, a cor induz ao relaxamento e, combinada com móveis neutros, propicia um espaço perfeito para o descanso e uma noite de sono tranquila.

O roxo e o rosa já são escolhas mais audaciosas. Enquanto a primeira representa a elegância e o equilíbrio entre razão e emoção, a segunda é o encontro entre amor e felicidade, sendo indicada para quem quer ativar o romance. Se você adora tendências, que tal utilizar a cor do ano de 2022 da Pantone, Very Peri? Trata-se de um tom de roxo que instiga curiosidade.

Enquanto isso, o vermelho remete à paixão e à energia, mas também pode lembrar sentimentos negativos, como raiva e ódio. Por isso, é preciso usá-la com parcimônia para não criar um desequilíbrio visual.

O preto é ambíguo – apesar de sofisticado, pode deixar o quarto bastante pesado. Então o ideal seria usá-lo também pontualmente. Já o cinza, bastante explorado pelo revestimento de cimento queimado, evoca conciliação. É uma boa ideia para quem ama tons neutros.

25-decoracao-minimalista-quarto-preto-e-branco-italianbark
ITALIANBARK/Reprodução
Continua após a publicidade

Já o branco é uma excelente escolha para a base cromática do quarto, mas, se usado de forma maçante, pode acabar se tornando desconfortável.

Veja também

É possível combinar mais de uma cor para o quarto?

 

25-parede-geometrica-ambientes-quarto-colorido-aparment-therapy-marisa-vitale
Marisa Vitale/Apartment Therapy

Você não precisa ficar com apenas uma cor. Que tal combiná-las? Uma ideia que funciona bem é conjugar cores complementares da cartela cromática ou unir cores opostas. Confira algumas boas opções de combinação:

  • Turquesa e verde
  • Lilás e cinza
  • Vermelho e azul
  • Bege e turquesa
  • Verde e rosa
  • Laranja e marrom
  • Roxo e azul
  • Coral e turquesa
  • Amarelo e cinza
  • Preto e branco
  • Branco e azul

Quarto colorido fica enjoativo?

 

Rikki Snyder/My Domaine

Se usadas de forma consciente, as cores não ficam enjoativas no projeto do quarto. No mais, é comum que o morador tenha vontade de renovar os ambientes da casa depois de um tempo, inclusive o quarto.

Se esse é o seu caso, o ideal seria inserir as cores em itens que possam ser trocados, como papel e pintura de parede, itens de decoração diversos, tapetes, cortinas e roupas de cama. Assim, você evita o enjoo e atualiza o espaço para as tendências do momento!

Cores do feng shui para o quarto: o que explorar

 

O significado de cada cor é muito utilizado pelos praticantes de Feng Shui na decoração. Na filosofia, existem diferentes sistemas de cores que incluem os cinco elementos presentes no baguá. Tons diferentes também têm associações culturais e significados pessoais diferentes e é importante tudo isso em consideração na hora de escolher a decoração.

Para entender melhor como utilizar as cores no quarto segundo o Feng Shui e o significado de cada uma delas, clique aqui.

Como as cores influenciam no sono

 

Andisheh A/Unsplash

Um estudo conduzido pela Travelodge com duas mil casas no Reino Unido investigou a influência das cores na qualidade do sono. Ele concluiu que quem dorme em quartos azuis tem, em média, 7 horas e 52 minutos de sono; os tons de cinza, marrom ou roxo estimulam a criatividade e favorecem no máximo 6 horas e 12 minutos. E as melhores noites de sono são conseguidas em quartos pintados com cores calmas, como amarelo, azul ou verde.

A explicação por trás do resultado está na nossa biologia: existem receptores especializados – as células ganglionares – da retina dos nossos olhos que são mais sensíveis à cor azul.

O tempo de sono associado a cada cor, segundo o estudo, foi o seguinte:

  • Azul: 7h 52min
  • Amarelo: 7h 40min
  • Verde: 7h 36 min
  • Prata: 7h 33 min
  • Laranja: 7h 28 min
  • Vermelho: 6h 58 min
  • Dourado: 6h 43 min
  • Cinza: 6h 12 min
  • Marrom: 6h 05 min
  • Roxo: 5h 56 min

25 quartos com cores para se inspirar

 

Agora que você já entendeu tudo sobre como utilizar cores no quarto, confira abaixo algumas inspirações para o seu próximo projeto:

Continua após a publicidade

Publicidade