Casa Created with Sketch.

Os principais 8 erros na hora de compor a decoração dos quartos

Fique atento para não cometê-los e prejudicar o seu dia a dia

 (Nathan Oakley/Unsplash)

Quando o assunto é quarto, alguns descuidos podem afetar a qualidade do sono e, simultaneamente, a sua rotina. Por se tratar do espaço que te recebe depois de um dia cansativo, conforto, estilo e uma atmosfera leve são responsáveis por recarregar as suas energias.

Na hora de reformar ou montar o dormitório, seja para um casal ou solteiro, se atentar a uma série de detalhes garante um cômodo que cumprirá o seu papel. Assegurar privacidade, calma, relaxamento e evitar um local sobrecarregado são alguns dos elementos básicos para criar um verdadeiro recanto.

As arquitetas Paula Passos e Danielle Dantas listaram os principais erros cometidos na hora de montar um quarto. Veja e garanta um projeto bem feito:

1. Falta de planejamento

 

Quem não se empolga com uma reforma? Porém, é exatamente essa emoção que pode gerar alguns erros, principalmente para quem não está acostumado com obras.

Para que tudo aconteça da melhor forma possível, um planejamento é essencial, da questão espacial e do conceito de decoração. Meça o espaço disponível, pense no tamanho ideal dos móveis e alinhe as ideias do que você deseja com um profissional.

2. Mobiliário e Objetos

 

Na questão dos móveis e objetos no aposento, o excesso é um erro recorrente. Evite colocar peças desnecessárias e sempre verifique se o tamanho de cada móvel se encaixa com o planejamento. Tudo isso impede uma metragem quadrada reduzida, sensação de sufocamento e falta de área para circulação e organização.

Os espelhos, apesar de conseguirem proporcionar amplitude, devem ser posicionados de forma adequada. Cuidado com exageros na quantidade e tamanho. Pensar em armazenamentos adequados também é muito importante, contribuindo na melhor disposição dos seus pertences.

Dica: Os armários embutidos devem ficar nas paredes internas da casa. Caso contrário, nas paredes externas ligadas à fachada, o risco de mofo é maior, causado pelas intempéries e infiltrações.

3. Proporções

 

Projeto de Dantas & Passos Arquitetura

Projeto de Dantas & Passos Arquitetura (Maura Mello/Casa.com.br)

No caso das proporções, as mesas de cabeceira são um grande foco – uma vez que devem ser compatíveis com a altura da casa. O ideal é que não sejam nem muito altas, nem muito baixas, principalmente por se tratar de móveis de suporte, podendo promover desconforto para pegar objetos e mexer na luminária de leitura.

Veja também

 (Reprodução/Pinterest)

Além da altura, também precisam ser proporcionais na largura e profundidade, com tamanho suficiente para a inclusão de itens essenciais.

Levar em consideração o tamanho do aposento para decidir as medidas da cama e cabeceira é outro ponto importante. O objetivo é que a cama não impeça a abertura de armários e circulação – tenha ao lado da cama pelo menos 70 cm livres.

4. Qualidade de vida

 

Um ambiente com bastante luz natural, ventilado e livre de umidade evita que os moradores tenham problemas respiratórios. Já que o tempo médio que se passa neste cômodo, à noite, é de 8 horas, ter esses elementos em mente é essencial para uma boa qualidade de sono e vida.

5. Iluminação

 

Projeto de Dantas & Passos Arquitetura

Projeto de Dantas & Passos Arquitetura (Herman Charles Christ/Casa.com.br)

Com o potencial de alterar o humor e as sensações antes de dormir, o quarto precisa oferecer diferentes cenários de luz. Uma boa iluminação para usos gerais e a possibilidade do local ficar todo escuro na hora de dormir deve fazer parte do projeto de iluminação. Lembre-se que apenas um ponto de luz não o torna aconchegante, invista em luminárias auxiliares e de luz indireta.

Este planejamento tornará suas noites de sono mais agradáveis e fará seu corpo acompanhar o ciclo circadiano – responsável pelas regulações naturais de dia e noite.

Projeto por Andrade & Mello Arquitetura

Projeto por Andrade & Mello Arquitetura (Luis Gomes/Casa.com.br)

Atente-se na escolha da temperatura de cor das lâmpadas que serão adicionadas, uma vez que um erro muito comum é a compra de iluminação fria (5000K ou mais), quando o correto é uma luz de temperatura branco quente (2700K a 3000K), podendo trazer mais conforto.

6. Cortinas

 

O uso de cortinas possibilita o controle da luz externa e privacidade. Acrescente no aposento tendo em mente o tipo de tecido escolhido, pois elas devem permitir a entrada de luz durante o dia e trazer privacidade à noite.

7. Leveza nas Cores

 

Cores vivas ou estampas em excesso podem tornar o ambiente carregado e confuso. O mais indicado são tons leves, neutros ou naturais para que o espaço fique mais sereno.

Você pode combinar as cores dos móveis, revestimentos e roupas de cama para que tudo fique harmônico. Para os que gostam de tons mais arrojados, uma alternativa é escolher apenas um ponto de destaque, como um quadro ou acessório para a cama.

8. Almofadas e Travesseiros

 

Muitas pessoas amam uma cama cheia de almofadas e travesseiros, e muitas vezes é o que torna o quarto ainda mais aconchegante. Porém, dificulta a arrumação todos os dias e, quando não estão sendo utilizados, ocupam muito os armários. Por isso, tudo deve ser aplicado na medida certa!

Comentários

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.