Casa Created with Sketch.

Dicas valiosas para escolha do tapete ideal

A arquiteta Alessandra Braggion conta tudo o que precisa ser levado em consideração na hora de escolher o tapete para casa

O tapete é um acessório que transmite muita personalidade, pode incrementar a decoração e dar um up em qualquer ambiente. Delimita e define os espaços, melhora a sensação térmica e acústica, dando um ar de mais aconchego. Existem alguns truques para não errar na hora da escolha. “O tapete é uma peça decisiva na composição de um ambiente, podendo demarcar, repaginar e trazer mais vida para o espaço, dependendo de como for à disposição”, conta Alessandra Braggion. Confira algumas dicas da arquiteta:

Tamanho

sala de estar com tapete branco

 (Divulgação/Casa.com.br)

Definir o tamanho ideal do tapete é o primeiro passo dependendo do tamanho do ambiente sendo necessário levar em consideração o tamanho dos móveis e a disposição dos mesmos para visualizar o ambiente como um todo. “Consigo ter noção das medidas gerais do layout para dimensionar o tamanho do tapete. Sempre prefiro tapetes retangulares ou quadrados, e que os móveis fiquem em cima do mesmo, assim consigo delimitar uma área “abraçando” uma quantidade maior de mobiliário.”

Ambiente

sala de jantar com piso de madeira e tapete bege

 (Poly & Bark/Pinterest)

A escolha do tapete ideal depende de uma série de fatores, entre eles, comportamento dos moradores, frequência de uso e estilo da decoração em geral. “Para a sala de jantar indico pensar na movimentação das cadeiras, fato muito importante na escolha do tapete, por isso costumo trabalhar com peças que tenham 60 a 70 centímetros de folga de cada lado da mesa, possibilitando o movimento livre das cadeiras” .

Material

 (t3estudio arquitetura/Pinterest)

Existem alguns tipos de materiais que o mercado oferece quando o assunto é tapetes, a Avanti Tapetes trabalha com produtos em 100% nylon antialérgico, com design exclusivo e contemporâneo, abrindo o leque de possibilidades para transformar qualquer ambiente. Existem os tapetes de polipropileno repelem água e são ideais para ambientes com maior probabilidade de agredir o produto, que são mais indicados para utilizar na sala de jantar e varanda.

Um outro material que se destaca para áreas externas é o tapete de PVC, cuja superfície é formada por uma resina plástica de alta resistência e fácil manutenção. “Para locais de alto tráfego prefiro trabalhar com tapetes de nylon que possuem fibras resistentes de alta resiliência e um toque leve de brilho, trazendo um aspecto manchado que disfarça qualquer tipo de possível imperfeição”.

Cores

cantinho de leitura com um poltrona de couro bege e tapete trançado

 (Pier 1/Pinterest)

O tapete pode ter variação de cores, ser mais ousado, ou monocromático, tudo vai depender do gosto de cada cliente. Mas de modo geral, poder proporcionar um toque de sofisticação no espaço e apostar em um tapete para isso, faz com que o espaço ganhe certo equilíbrio. “Não costumo trabalhar com tapetes chamativos que roubam a cena. Prefiro peças que tragam equilíbrio e unidade com o todo, seguindo uma linha mais clean e aconchegante. Aliando esses três elementos-chave é mais fácil encontrar o tapete ideal de acordo com o gosto e necessidades de cada cliente”, finaliza a arquiteta.

Leia também:

Comentários

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.