Casa Created with Sketch.

Coifa ou depurador: Saiba qual é a melhor opção para sua cozinha

Nenhuma casa merece ficar com odores fortes e gorduras, assim como nenhum cozinheiro deveria limitar o seu cardápio por causa disso

 (Max Vakhtbovych/Pexels)

Não existe maior paz de espírito do que poder preparar as refeições sem as gorduras e odores impregnarem o local ou circularem pelos demais ambientes. Ainda mais em projetos de ambiente integrados, quando a cozinha se destaca na área social e está posicionada perto das salas de estar e jantar.

 (Nathalie Artaxo/Divulgação)

Por isso, as opções para quem se encontra em alguma dessas situações são as coifas e depuradores. A decisão de qual é melhor está diretamente relacionada ao conforto dos moradores e a eficiência máxima de suas funções no dia a dia da residência.

Os equipamentos exercem a função de filtrar o ar e contribuir na eliminação de cheiros, fumaças e gorduras. Com um design moderno, que complementa o decór, a aparência similar pode dar a entender que ambos são equivalentes, o que não é verdade.

 (cottonbro/Pexels)

Cada um dispõe de características específicas que devem ser analisadas dependendo do projeto a ser realizado. Sendo assim, as arquitetas Fernanda Hardt e Juliana Rinaldi, do Mirá Arquitetura, explicam as diferenças e as recomendações de uso para cada equipamento Entenda:

Diferenças

 

Em primeiro lugar, saiba que cada um possui um sistema de filtragem na indicação do uso.

Depurador

 

 (Max Vakhtbovych/Pexels)

Menos potente que a coifa, é o aparelho mais adequado para cozinhas pequenas e moradores que não costumam utilizar a área com muita frequência. Com um funcionamento simples, ele suga o ar, com a fumaça e gordura, espalhado no local, fazendo uma purificação e devolvendo para o ambiente sem qualquer odor.

Sendo assim, o preço do depurador é menor e, se as suas funções conferem com as suas necessidades, pode oferecer um bom custo-benefício. Por ser um item menor, consegue ser embutido nos armários superiores, permitindo que o morador ganhe um pouco mais de espaço de armazenamento.

Coifa

 

 (Nathalie Artaxo/Divulgação)

Por outro lado, a coifa é mais potente e completa. Cumprindo também a função de exaustor, é essencial em ambientes integrados e apropriados para qualquer tipo de cozinha, grande ou pequena.

O aparelho filtra o ar enfumaçado de gordura, envia para fora do ambiente e substitui por um ar frio e limpo, tudo isso através de um filtro de inox ou alumínio. No entanto, para que todo esse processo aconteça, é preciso que a cozinha conte com uma estrutura de saída de ar – o que pode ser um desafio.

Muitos edifícios não possuem a passagem do duto, então, dependendo do imóvel, um depurador acaba sendo instalado como a solução mais viável.

Veja também

Instalação

 

 (Nathalie Artaxo/Divulgação)

Depois de conhecer as características dos dois produtos, é possível avaliar qual se encaixa melhor na sua cozinha. Mas não se esqueça de levar em conta a infraestrutura do ambiente.

Analise se existe saída para a parte externa, se o forro é de gesso, se é possível usar a laje para fixação e se a parede possui canos e fiação elétrica, além de outros cuidados necessários para evitar acidentes ou dores de cabeça no futuro.

 (Nathalie Artaxo/Divulgação)

Após observar estes pontos, escolha o local onde o aparelho será instalado – ele deve ficar centralizado junto ao fogão ou cooktop, próximo a uma tomada e, se possível, perto de uma saída de ar.

Verifique as instruções de distanciamento do fogão ou cooktop no manual do produto – uma vez que isso reflete no seu bom funcionamento. Na maioria dos casos, a distância ideal é de 65 cm, mas nunca é demais ter certeza, não é?

Inserindo na decoração

 

 (Max Vakhtbovych/Pexels)

A coifa ocupa um grande espaço na cozinha, consequentemente, se destaca no visual do ambiente. Com isso, ela ganha a função de elemento decorativo no cômodo, precisando harmonizar com o estilo do ambiente e os outros eletrodomésticos.

Logo, o design e acabamento do duto e da aba são primordiais. Geralmente eles são produzidos em aço inox e vidro, sendo que os modelos feitos de vidro acabam transmitindo leveza e delicadeza para o espaço. Em contrapartida, as coifas de aço inox tem um aspecto industrial e ficam muito bem em propostas de décor com ares mais rústicos.

Se você não quer que a peça se torne a estrela da cozinha, camufle através da marcenaria. Essa alternativa deixa o lugar com um visual mais clean, mas diminui o espaço de armazenamento. Como o motor do aparelho esquenta, não é recomendado deixar alimentos ou itens que não suportam variação de temperatura perto do armário que está sendo utilizado por ele.

Cuidados e manutenção

 

 (Nathalie Artaxo/Divulgação)

A coifa e o depurador necessitam de alguns cuidados e higienização regular, de preferência, a cada quinze dias. Para não danificar o produto, a limpeza deve ser feita com um pano úmido e sabão neutro e filtro metálico.

A coifa é um pouco diferente, sua faxina precisa acontecer, no mínimo, uma vez por semana. Dependendo da marca e modelo, alguns filtros podem ser lavados em uma máquina de lavar louça, dando mais agilidade. Já a parte de inox, presente em alguns modelos, podem ser limpas da mesma forma que os outros eletrodomésticos.

Comentários

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.