Euphoria: entenda o décor de cada personagem e saiba como reproduzi-lo

A segunda temporada de Euphoria chegou ao fim, mas nós trazemos aqui como eternizá-la na decoração do seu quarto. Confira:

Por Yara Guerra Atualizado em 13 mar 2022, 13h42 - Publicado em 13 mar 2022, 19h00
Gif de Rue dançando no quarto
Reprodução/Giphy

Nós também achamos difícil acreditar que a segunda temporada de Euphoria passou tão rápido. Com muitas tretas, plot twists, romances iniciados e finalizados, os novos episódios deram o que falar na internet durante as últimas semanas.

Em termos de cenografia e estética, talvez o que tenha chamado mais atenção tenha sido a peça escrita por Lexi Howard – que, vamos combinar, no mundo real teria um orçamento beeeeeem mais baixo.

A season 2 também foi gravada em câmeras analógicas de 35mm, o que garantiu um visual mais vintage e incorporou tons mais quentes e contrastantes, em detrimento das cores azuladas e roxas da primeira temporada.

O toque antigo está também na decoração da série – segundo a decoradora de sets Julia Altschul, quase todos os itens foram adquiridos em lojas vintage em Los Angeles.

E nós não poderíamos deixar de trazer aqui outro ponto da série, palco para muitos dos acontecimentos importantes da temporada: os quartos das personagens. Assim como acontece na vida real, cada quarto evidencia características únicas de cada um dos personagens.

Não percebeu? A gente te mostra nessa lista como os ambientes refletem a personalidade dos adolescentes e quais são os itens essenciais na decoração de cada um. Confira! Mas, cuidado, há alguns spoilers:

Rue Bennett

Quarto de Rue Bennet na série Euphoria
HBO/Reprodução

O quarto de Rue passou por várias transformações ao longo da série, cada uma delas acompanhando o estado de espírito da personagem no momento. Isso acontece desde o momento em que ela se encontra em depressão profunda, na primeira temporada, a quando destrói completamente o espaço durante o surto da segunda.

De forma geral, ela não se esforça muito quanto à decoração. Seu quarto é desleixado e bagunçado, assim como ela. A cama fica bem próxima ao chão, o que permite que ela se esparrame sobre os tapetes quando bem entender. No décor, prevalecem os tons neutros.

Luminária de piso e cama rebaixada
Para um quarto como o da Rue, aposte em luminárias de piso com desenho e luz amarela, como esta da foto, bem como uma cama mais próxima ao chão. Vale também incluir detalhes em bambu. e um papel de parede floral Reprodução/Pinterest

Quanto à iluminação, o espaço nunca está suficientemente claro: para Rue, as meias-luzes das luminárias bastam. Nas paredes, é usado um papel de parede com estampa floral que, usado de forma massiva, pode criar uma vibe de sufocamento – assim como o desenrolar dos acontecimentos na vida dela durante a série.

Maddy Perez

Maddy Perez no seu quarto na série Euphoria
HBO/Reprodução

Maddy é muito vaidosa e se preocupa bastante com o seu visual – foi isso, inclusive, que chamou a atenção de Nate Jacobs no início do seu relacionamento. Não é diferente com o seu quarto: todo rosa, o cômodo traz muitos “toques femininos” e sensuais na decoração.

Quarto rosa e tule como cobertor de cama
Se você ama um quarto como o de Maddy, jogue um rosa sobre as paredes e use tule para cobrir a cama Reprodução/Pinterest

Um exemplo é o dossel de tule, que também adiciona aconchego ao quarto. Enquanto isso, o espelho por trás da cama é uma ótima referência à vaidade da personagem. Já a iluminação deixa quase transforma o décor em um tema cotton-candy.

Cassie Howard

Quarto de Cassie, na série Euphoria
HBO/Reprodução

Já que falamos de Maddy, é hora de falar de Cassie – a sua antagonista na segunda temporada. Cassie divide o quarto com a irmã, Lexi, mas, como as suas personalidades, cada metade do quarto também é completamente distinta.

O lado de Cassie é muito feminino. É como se ela estivesse tentando alcançar a decoração do quarto de Maddy, mas ainda não tivesse chegado lá. A cabeceira, assim como ela, é bem romântica: vem quase em formato de um coração e é pintada de rosa. Os detalhes azuis balanceiam a paleta.

Cabeceira de cama feminina e roupa de cama com brilho
Para um quarto como o de Cassie, invista em uma cabeceira bem feminina e roupa de cama brilhosa Reprodução/Pinterest

No geral, o quarto expressa a personalidade doce e ingênua de Cassie da primeira temporada, mas na segunda a personagem se torna mais rebelde. Quando esse lado vem à tona, Cassie sai de casa.

Lexi Howard

Quarto de Lexi em Euphoria
HBO/Reprodução

A cama de Lexi, embora seja semelhante à da irmã, fica em um nível mais baixo do quarto – o que possivelmente reflete a relação entre as duas. Cassie costuma viver sob os holofotes e elogios, já Lexi vive sob a sua sombra.

Continua após a publicidade

Veja também

Além disso, o décor do lado de Lexi é muito mais infantil do que a parte de Cassie, o que também transparece as características da personagem. É como se ela tivesse sido, de alguma forma, deixada para trás.

Patins vintage e cavalo de madeira
Para um quarto como o de Lexi, aposte em itens de memória afetiva, como os patins vintage que você usava nas aulas de patinação e brinquedos da infância Reprodução/Pinterest

É deste mesmo quarto e desta mesma cama, porém, que ela escreve o roteiro de suas peças nas madrugadas da segunda temporada – talvez o gesto mais ousado da personagem em toda a série.

Kat Hernandez

Quarto de Kat em Euphoria
HBO/Reprodução

O quarto de Kat corresponde à sua personalidade: contrasta elementos femininos e mais grosseiros, tem um papel de parede floral mas logo apresenta uma luminária de espinha de peixe para contrapor. Há uma vibe “punk rock” e independente que a personagem desenvolve durante a primeira temporada.

Abajur e papel de parede floral escuro
Um quarto como o de Kat pede pelo contraste entre o feminino e o masculino: que tal usar um abajur mais sóbrio e um papel de parede floral? Reprodução/Pinterest

A iluminação do quarto também não é muito clara, talvez fazendo referência ao processo contínuo de “inserir-se na luz” da personagem, uma vez que Kat vem se descobrindo como uma pessoa livre e ousada desde o início da série.

Jules Vaughn

Quarto de Jules em Euphoria
HBO/Reprodução

Jules dorme diante de sua janela em uma espécie de sótão, o que referencia o seu jeito sonhador e seu espírito livre. No geral, é um quarto com poucos elementos, sendo os principais a cama e o armário. Este ponto é importante porque, como outras personagens, Jules valoriza muito o estilo que apresenta.

Quarto no sótão e iluminação natural
Reprodução/Pinterest

A iluminação que entra pelas janelas de vidro, junto às cores escolhidas para as roupas de cama, cria uma vibe meio “fairy”, que também acompanha a personalidade de Jules.

Nate Jacobs

Quarto de Nate Jacobs em Euphoria
HBO/Reprodução

Ao lado de seu pai, Nate talvez seja o personagem mais perturbado de toda a série. O seu quarto, como ele, é frio e asséptico: o décor se desenvolve em um cinza monocromático.

Outro ponto que deriva da decoração é a sua tentativa de esconder o que ele realmente é. Nate tem uma luta interna quanto a sua sexualidade e, assim como é apresentado em seu estilo, as escolhas para o seu quarto são as mais neutras possíveis – o que se distancia da ousadia conhecida de muitos outros personagens da série.

Fronha personalizada e quarto cinza minimalista
Quer um quarto como o de Nate? Invista em fronhas personalizadas e em um décor cinza e simples Reprodução/Pinterest

Já os travesseiros da cama, carimbados com um monograma, faz sentido para a tentativa da mãe de criar uma “família perfeita” (que, na verdade, é completamente desestruturada). É como se ter o nome na fronha passasse a mensagem de que Nate é orgulhoso de fazer parte da família Jacobs.

Elliot

Quarto de Eliiot em Euphoria
HBO/Reprodução

A casa e o quarto de Elliot são bastante importantes para a segunda temporada de Euphoria. É lá que se desenvolve o triângulo amoroso e a amizade entre ele e Rue e Jules.

Trata-se de um ambiente extremamente confortável, cuja vibe é de que os amigos podem sempre se encontrar por lá. Como os pais dele nunca estão presentes, tudo é liberado – o que ele e Rue valorizam.

Quarto confortável no sótão
Um quarto como o de Eliott deve focar no conforto e uso de cobertores e texturas diversas Reprodução/Pinterest

Também localizada em um sótão, a cama de Elliot é vintage com roupa de cama xadrez em tons quentes. O que adiciona um toque de conforto é o uso de muitas camadas e texturas através de mantas vintage e suas cores. É como se, diante do “abandono” dos pais, ele decide pegar todos os cobertores que sobraram para se confortar, de acordo com Julia Altschul.

Continua após a publicidade

Publicidade