Dicas para decorar com papéis de parede

As estampas oferecem personalidade e versatilidade, saindo do tradicional

Por Redação Atualizado em 29 jan 2022, 20h47 - Publicado em 31 jan 2022, 19h00
Projeto das arquitetas Giselle Macedo e Patricia Covolo Eduardo Pozella/Casa.com.br

Para os entusiastas de cômodos coloridos e com desenhos, os papéis de parede são um ótimo investimento. Um boa escolha consegue se tornar a peça-chave da decoração.

Com variedades para todos os gostos – com estampas discretas, apenas coloração ou textura, ou os mais extravagantes com tons fortes, estampas e até 3D -, muitas dúvidas podem ser geradas quando o projeto está sendo elaborado.

Reprodução/Pinterest

Mas deixando as preferências de lado, existem aspectos que devem ser levados em consideração, principalmente para obter um bom resultado. As arquitetas Giselle Macedo e Patricia Covolo, do escritório Macedo e Covolo, tiram todas as dúvidas e deixar tudo claro – de materiais, escolhas até como usar.

Projeto das arquitetas Giselle Macedo e Patricia Covolo Eduardo Pozella/Casa.com.br

Materiais

 

O mercado oferece papéis de parede produzidos a partir de três matérias primas: celulose, a mais habitual, vinílico, de PVC, e Non Woven. A decisão depende do cômodo em que será instalado.

Reprodução/Pinterest

Em geral, os vinílicos são selecionados para ambientes em que a facilidade de limpeza é bem-vinda. Em cozinhas ou salas de jantar, por exemplo, um papel de parede pode dar um toque lindo e, para higienizar, basta um pano úmido e detergente.

Veja também

Para os cômodos com umidade, como o banheiro, o Non Woven é uma excelente solução. Porém, só deve ser aplicado em lugares com janela e se a sua utilização não for muito intensa – como no lavado, onde o vapor é ocasional.

Continua após a publicidade

Principais dicas para quem quer utilizar

 

  • Escolha o tipo de material certo para aquele espaço
  • Defina o seu objetivo e escolha um papel que faça a diferença, deixando o visual mais atraente ou oferecendo aconchego
  • Invista na qualidade
  • Contrate especialistas para a instalação
  • Não se esqueça de tirar todas as medidas das paredes
Projeto das arquitetas Giselle Macedo e Patricia Covolo Eduardo Pozella/Casa.com.br

O papel de parede consegue satisfazer diversas funções e desejos no décor. Junto com a versatilidade e fácil aplicação, trazer personalidade ao ambiente é o seu principal propósito – deixando uma parede sem graça, a atração da casa. Pense no objetivo e na ideia que quer executar. Tons claros proporcionam tranquilidade e os mais intensos adicionam alegria e diversão.

Projeto das arquitetas Giselle Macedo e Patricia Covolo Eduardo Pozella/Casa.com.br

Nos quartos de crianças, desenhos de animais são toques lúdicos e as letras e formas geométricas apresentam um estilo de inspiração vintage.

“A decisão gira em torno dos gostos pessoais dos moradores e da personalidade deles. Tudo precisa se combinar para que possam se sentir bem no local e conviver com a estampa por um longo período”, declaram as profissionais.

Rapidez na execução

 

Como se todos os benefícios citados já não fossem o suficiente para você bater o martelo na decisão, esta é a opção mais rápida para quem busca mudar o visual da casa. Afinal, para aplicá-lo, não há necessidade de camadas de tinta para a finalização, tornando a instalação mais afetiva.

Continua após a publicidade

Publicidade