Conforto e leveza marcam décor deste apê de 132 m²

Projetado pela profissional Luciana Lins para a própria família, o imóvel conta com um estilo contemporâneo e clean, uma base neutra e pontos de cor

Por Yara Guerra Atualizado em 29 jul 2021, 15h24 - Publicado em 29 jul 2021, 13h00
Na sala de estar, a estante Alure (da Casa Umma) é destaque e dá vida à parede. Quanto ao piso, Luciana optou por um tom mais caramelo e sem brilho, sendo necessárias algumas demãos de clareador para acertar Julia Ribeiro/Casa.com.br

Localizado na Vila Madalena, este apartamento de 132 m² talvez tenha sido o mais especial e desafiador projeto da designer de interiores Luciana Lins: era a sua própria casa.

Tudo começou porque, apesar de já morarem no imóvel, havia um desejo de ter algo mais personalizado, com com estudo de cores, paletas, estudo de layout, projeto de elétrica, iluminação e marcenaria.

Julia Ribeiro/Casa.com.br

Jovens e com duas filhas, o casal desejava curtir a casa e se sentir bem dentro dela. As principais solicitações eram uma casa confortável e cheia de bossa, com uma cozinha clean e funcional e uma grande sala com um cantinho de leitura.

Durante o período da obra, ela e seu marido ficaram em um apartamento alugado, já que a reforma incluiu a quebra de todas as áreas molhadas, gesso, clareamento do sinteco, novo projeto de iluminação, elétrica e muita marcenaria.

Julia Ribeiro/Casa.com.br

“Mudamos de volta, tivemos que aguardar a evolução dia a dia da pandemia em março de 2020 para conseguirmos liberar o início da montagem da marcenaria, que duraria 1 mês. Foi bem desafiador. Grávida, com apê ainda inacabado pela surpresa do lockdown, tivemos que entender e viver cada dia de uma vez”, conta ela.

Veja também

Julia Ribeiro/Casa.com.br
Continua após a publicidade

Em termos estruturais, uma das portas da cozinha, que dava passagem à sala, foi fechada. O principal desafio de todo o trabalho, segundo Luciana, foi a certeza de acertar o próprio projeto e deixá-lo a sua cara.

“Outro desafio foi o layout da sala. Eu tinha a certeza que não queria dois sofás perpendiculares. O sofá que ficaria na parede, ficaria longe da TV, não daria para conversar direito, ficaria perdido. Sabia que ali, queria algo aéreo, que preenchesse com objetos, histórias, plantas, livros, fotos e cerâmicas. Muitas pintadas por mim”, disse.

Julia Ribeiro/Casa.com.br

Como pontos altos, destacam-se o painel ripado do living, dando continuidade em toda a parede e “envelopando” o pilar existente de forma a ficar discreto por ali. Completando o ambiente, a poltrona mole de Sergio Rodrigues.

Com uso de madeira freijó e folha em lâmina de carvalho, o projeto conta com diferentes texturas no azul marinho no tecido e o couro natural e envelhecido da poltrona.

Julia Ribeiro/Casa.com.br

Em equilíbrio, estes materiais resultam em um estilo contemporâneo que prioriza o conforto do ambiente. “É uma forma de decorar que valoriza o melhor do design atual e está sempre em transformação. O que era contemporâneo, hoje não é mais”, diz Luciana.

Curtiu? Então confira mais fotos na galeria:

Continua após a publicidade

Publicidade