Casa Created with Sketch.

Cimento queimado e madeira dão tom neste apartamento de 124 m²

O projeto é do escritório Dirani & Marchió, que criou uma estante de destaque na sala de TV, onde o morador expõe seus troféus e capacetes

Sala de estar com pé direito alto, cimento queimado na parede, sofá branco e poltronas rosas Na sala de estar, foram usadas as poltronas Concha da década de 1960 de Martin Eisler e Carlo Hauner, garimpadas em antiquários

Na sala de estar, foram usadas as poltronas Concha da década de 1960 de Martin Eisler e Carlo Hauner, garimpadas em antiquários (Eder Bruscagin/Casa.com.br)

Este é aquele tipo de projeto que conta com o envolvimento pessoal do time de arquitetos. Isso porque a dona do imóvel, Camila Dirani, é também uma das sócias do escritório Dirani & Marchió, responsável pela reforma.

A ideia era que o apartamento de 124 m², localizado em Alphaville, se tornasse mais confortável para receber visitas, contasse com uma cozinha integrada e uma sala de TV.

Sala de TV cujo painel é também uma estante que comporta troféus e capacetes de automobilismo

 (Eder Bruscagin/Casa.com.br)

O casal já tinha como premissa o uso do cimento queimado na parede do pé direito duplo e na escada. E, por conta da profissão do morador (piloto de automobilismo), ele queria uma estante para deixar seus principais troféus e capacetes expostos.

Sala de jantar integrada à cozinha. Pé direito alto, piso de madeira

 (Eder Bruscagin/Casa.com.br)

“Como o apartamento tem uma boa parte envidraçada e a premissa do uso do cimento queimado na parede do pé direito duplo e na escada poderia deixar o imóvel com um toque muito frio, optamos por colocar no piso uma madeira de demolição de cumaru para aquecer o ambiente”, contam os profissionais.

Veja também

Para a demanda específica dos troféus, eles criaram uma estante totalmente reservada para os itens no home theater, que é o ambiente mais utilizado pelos moradores no pouco tempo em que ficam em casa.

Sala de estar com cimento queimado nas paredes, piso de madeira e escada de cimento

 (Eder Bruscagin/Casa.com.br)

Na sala, o décor assumiu uma base neutra e cores pontuais no tapete azul e nas poltronas rosas. O espaço se integra à cozinha, permitindo que as visitas sejam recebidas sem precisar separá-las por ambiente.

No quarto do casal, a cabeceira de madeira freijó ripada com armários escuros contrastam com as paredes claras e não deixam o ambiente pesado.

 (Eder Bruscagin/Casa.com.br)

Para a iluminação, os arquitetos optaram por sancas iluminadas, arandelas, luminárias de piso e pendentes para criar um efeito mais aconchegante. Com estilo contemporâneo e cimento queimado e madeira como elementos de destaque, o apartamento é bastante atemporal e pode ser modificado facilmente, se assim os moradores quiserem.

Curtiu? Então veja mais fotos na galeria:

Comentários

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.