Casa Created with Sketch.

Apartamento de 41 m² mistura urbanidade e natureza 

Proposta assinada pela Salvador Arquitetura mostra versatilidade

 (Salvador Arquitetura/Casa.com.br)

O apartamento de 41 m² e com dois dormitórios, localizado na zona sul de São Paulo, faz parte do Sppace Jardim Botânico. Este edifício conta com uma grande infraestrutura de lazer – com pet care, minimercado, espaço delivery, área de coworking, sala de estudo, entre outros destaques.

 (Salvador Arquitetura/Casa.com.br)

A arquiteta Jaqueline Salvador foi convidada para fazer o projeto de decoração, que trouxe uma mistura típica desse agradável bairro paulistano: o urbano e as áreas verdes – representados pela serralheria, madeira, cores e decoração. Para atender, também, às necessidades da família toda, o resultado foi um espaço moderno e funcional.

 (Salvador Arquitetura/Casa.com.br)

“O projeto foi pensado para famílias e pessoas que estão em busca de lazer dentro da moradia, desfrutando todos os cômodos e o condomínio. Integramos a cozinha, sala de jantar, sala de TV e terraço, de forma que todos possam aproveitar os aposentos com conforto e criando uma atmosfera descontraída”, comenta a arquiteta.

 (Salvador Arquitetura/Casa.com.br)

As cores são um dos grandes destaques, dando sensação de amplitude com a integração dos ambientes e a multifuncionalidade dos móveis com estilo contemporâneo. Tons de cinza se complementam com os detalhes em preto, verde e amarelo da mobília e objetos de decoração.

 (Salvador Arquitetura/Casa.com.br)

As escolhas foram inspiradas nos parques do entorno – representado pelo verde e pela madeira – e na cidade – simbolizado pela serralheria preta.

Veja também

 (Salvador Arquitetura/Casa.com.br)

No quarto de casal, uma cabeceira foi projetada com características inusitadas – iluminação indireta, mesa de canto e cabideiros. E, seguindo essa linha de multifuncionalidade, o guarda-roupa também vira um apoio para a cama.

 (Salvador Arquitetura/Casa.com.br)

Para o quarto infantil, a arquiteta apostou no lúdico, incorporando a atmosfera dos parques. A prioridade foi aproveitar o cômodo como um todo, assim, uma escalada no teto foi a solução perfeita para a criança ter acesso a cama suspensa, lousa e nicho para livros de um jeito diferente. As estruturas das camas também incorporam os armários de roupas e brinquedos.

 (Salvador Arquitetura/Casa.com.br)

Já o banheiro atende as necessidades da família de forma leve e criativa, trazendo o conceito de urbano e verde através da utilização dos materiais de serralheria e marcenaria, além da paleta que compõe o decorado.

 (Salvador Arquitetura/Casa.com.br)

A iluminação também é outro ponto de destaque: “Optamos por não rebaixar o teto com forro de gesso para dar amplitude. Na sala de estar, por exemplo, criamos focos de luz através de um único trilho preto, que forma um desenho no teto e na parede. E as iluminações indiretas, na marcenaria, oferecem um clima aconchegante”, explica Jaqueline.

 (Salvador Arquitetura/Casa.com.br)

Em apartamentos compactos, saber trabalhar com cores e objetos que aumentam o espaço é fundamental.

Aqui, a profissional usa as melhores estratégias: integração dos ambientes – utilizando os mesmos materiais de acabamento e evitando colocar móveis que dificultam a circulação -; funcionalidade da mobília – como a cabeceira que serve de cabideiro e mesa lateral -; e transparência e leveza dos vidros e espelhos.

Confira mais fotos na galeria abaixo!

 

Comentários

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.