Casa Created with Sketch.

Como fazer seu próprio terrário

Ele é uma ótima opção para incluir o verde mesmo em espaços pequenos, além de exigir poucos cuidados

Quer uma plantinha em casa, mas não sabe se vai conseguir cuidar do jeito certo? O terrário pode ser uma ótima opção, pois além de precisar de pouca manutenção, você pode fazer o seu próprio mundinho verde. Gostou da ideia? Veja o passo a passo:

Antes de montar

Recipiente

Para escolher onde vai montar o seu terrário, o seu recipiente precisa ser de vidro e fundo o suficiente para as raízes das plantas. Você pode comprar, ou encontrar alguma peça que está guardada há muito tempo, como um aquário, luminária, taças ou vasos.

Esta chaleira de café foi transformada em um terrário

 (Casa.com.br/Reprodução)

Plantas

O aconselhado é optar por plantas mais resistentes e que tenham cuidados parecidos, como rega e tipo de luminosidade. As mais comuns são samambaias, musgos, suculentas, cactos, etc.

Montando seu terrário

Aquário redondo de vidro vazio, pote com pedrinhas, pote com planta, e um pote com terra e uma pá de jardinagem laranja

 (Carlos Piratininga/Casa.com.br)

Cascalho e pedrinhas

São elementos que favorecem a drenagem e, quando posicionados na superfície, ajudam na composição visual, adicione carvão ativado caso não tenha orifício para drenagem. Espalhe pelo fundo do recipiente, deixando uma camada de cerca de 2,5 centímetros de altura.

Solo

Dependendo do tamanho do seu terrário e do comprimento das raízes das plantas, você irá precisar de uma camada de terra com cerca de 5 a 8 centímetros. Aperte levemente a terra para eliminar o ar. Faça os orifícios na terra onde suas plantas estarão posicionadas.

Opte por um solo leve e de boa drenagem, de preferência com musgo. Se possível, com o musgo esfagno. Isto evitará que a terra grude embaixo do cascalho, além de absorver o excesso de umidade.

Enfeites

abre-fas-loucos-por-star-wars-criam-terrarios-inspirados-nos-filmes

 (casa.com.br/Reprodução)

Aqui, você pode usar sua criatividade, usando bonecos, pedras, decoração de aquário ou o quê achar mais a sua cara! Nós amamos esses dinossauros e personagens de Star Wars!

Cuidados

Regue as plantas

Enquanto os terrários fechados não precisam de rega, os abertos podem ser regados uma ou duas vezes por semana. Para as plantas como suculentas e cactos, a frequência varia para uma vez por mês

Mini terrários em pote de vidro fechados

 (Casa.com.br/Reprodução)

Fique de olho

Se perceber o surgimento de alguma erva daninha, retire-a. Se notar mofo ou plantas doentes, retire-os imediatamente do terrário. As partes murchas das plantas também devem ser retiradas.

Ventilação

Caso tenha escolhido um terrário fechado, é preciso ventilá-lo de vez em quando. Ainda que não seja obrigatório, a ventilação é indicada quando as plantas ficam secas ou se você perceber gotas de condensação na parede.

Comentários

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.