Casa Created with Sketch.

Cozinha se abre para o jardim nesta casa em Londres

A reforma projetada pelo NOTO Architects garantiu uma maximização da fachada traseira, permitindo uma transição fluida entre o interior e exterior

 (French + Tye/BowerBird)

Os moradores desta casa localizada em Londres desejavam uma extensão em sua porção traseira, maximizando o envidraçamento da fachada de trás e minimizando a aparência dos outros elementos construídos.

Coube ao escritório inglês NOTO Architects o projeto de reforma. Com a renovação, a estrutura do telhado e os detalhes de drenagem ficaram visualmente independentes das portas de correr, permitindo que o envidraçamento navegue na frente da estrutura.

 (French + Tye/BowerBird)

Visto da cozinha, esse detalhe cria uma “janela panorâmica” que emoldura o jardim e dá a impressão de que os tetos estão ligados diretamente ao espaço exterior. Além disso, o limite nivelado com canais de drenagem ocultos permite uma transição quase contínua entre os dois ambientes.

 (French + Tye/BowerBird)

A cozinha artesanal, por sua vez, apresenta tons quentes pontuais de metal por toda parte, criando uma conexão visual com o revestimento de cedro no jardim.

Veja também

Entre os principais desafios do projeto, estavam a missão de ocultar os elementos estruturais e, ao mesmo tempo, garantir que o edifício cumpre as normas de Controle de Edifícios para isolamento, drenagem e estrutura, ao mesmo tempo em que devia se trabalhar dentro dos parâmetros da envolvente do edifício permitidos pela autoridade de planejamento local.

 (French + Tye/BowerBird)

“O edifício foi projetado com níveis projetados e definidos milímetro por milímetro. Esses níveis foram posteriormente ajustados e reajustados conforme as condições alteradas no local, a fim de atingir a intenção original do projeto”, contam os arquitetos.

Curtiu? Confira mais fotos na galeria:

*Via Bowerbird

Comentários

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.