Casa Created with Sketch.

Cores, conforto e estilo contemporâneo: confira este apê de 98 m²

Assinado pela arquiteta Adriana Diegues, o projeto dispensou intervenções estruturais mais pesadas e focou em marcenaria e decoração

 (Gustavo Awad Fotografia/Casa.com.br)

Localizado em Moema (São Paulo), este apartamento de 98 m² teve a sua reforma capitaneada pela arquiteta Adriana Diegues. Trata-se do primeiro imóvel próprio da moradora e seu filho de 10 anos, que antes já haviam passado por diversos apartamentos alugados.

A intenção da dupla era que o lar fosse confortável para acomodar os diversos móveis que já tinham e acolhedor para receber os amigos após o final da pandemia.

 (Gustavo Awad Fotografia/Casa.com.br)

Parte de um edifício de 48 anos, o apartamento já havia passado por uma grande reforma estrutural, mas ainda precisava de alguns ajustes na marcenaria e na decoração. Por isso, Adriana se ateu apenas à inclusão de novos pontos elétricos, à retirada de algumas boiseries da sala e ao uso de bastante pintura.

 (Gustavo Awad Fotografia/Casa.com.br)

“O desafio principal era alinhar o escopo de uma cliente super antenada, pois trabalha com moda, com o budget proposto. O segundo desafio foi fazer essa obra em uma pandemia com os clientes morando no apartamento”, disse a arquiteta.

Veja também

 (Gustavo Awad Fotografia/Casa.com.br)

Na suíte, a maior demanda era criar um espaço de home office independente, mesmo estando no mesmo ambiente. Em uma época de videochamadas, o fundo da câmera era uma parte importante de se resolver para a moradora.

 (Gustavo Awad Fotografia/Casa.com.br)

Já para o quarto do filho, era necessário criar um espaço lúdico e divertido e ter bastante espaço para guardar todos os seus brinquedos.

 (Gustavo Awad Fotografia/Casa.com.br)

“A bancada de estudos também possui nichos no fundo para guardar livros, lápis e quadros, além de muitas prateleiras para guardar os brinquedos e principalmente a sua coleção de legos. Falando em legos, criamos uma parede com piso tátil amarelo para remeter a esse brinquedo que ele tanto gosta”, conta Adriana.

 (Gustavo Awad Fotografia/Casa.com.br)

Para a sala, buscou-se aproveitar os móveis mais antigos do apartamento anterior e mesmo assim deixar um ambiente contemporâneo.

“Na sala, fizemos uma marcenaria com prateleiras altas e metalon dourado para unir o rack existente da moradora; um móvel que desenhamos para ser o canto do café e também abrigar a adega da cliente, que adora tomar um vinho; e também uma cristaleira existente que foi pintada do mesmo verde da parede do sofá“, explica a arquiteta.

 (Gustavo Awad Fotografia/Casa.com.br)

Nos banheiros e cozinha, as intervenções foram super pontuais a partir de uma consultoria. Cores diferentes foram escolhidas para cada cômodo, deixando o apartamento – cujo estilo foi definido como contemporâneo e comfy – bastante colorido e alegre.

 (Gustavo Awad Fotografia/Casa.com.br)

“O que eu mais gosto é ele ser repleto de cor e com móveis com história. A funcionalidade de todos os espaços reformados também o torna super interessante”, finaliza Adriana.

Confira mais fotos do projeto na galeria:

Comentários

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.