Casa Created with Sketch.

Este prédio foi pensado para o conforto, mesmo durante a pandemia

O novo edifício Haus Mitre Jardins, em São Paulo, é assinado por Jonas Birger com interiores do escritório Anastassiadis Arquitetos.

 (Haus Mitre/Reprodução)

Este apartamento de tirar o fôlego fica no novo edifício Haus Mitre Jardins, em São Paulo. Com vista para o MASP e um skyline da cidade, o empreendimento tem apês de 132m² e duplex 209m². O projeto do prédio é assinado por Jonas Birger, o paisagismo é de Benedito Abbud enquanto os interiores são do escritório Anastassiadis Arquitetos.

 (Haus Mitre/Reprodução)

O principal destaque deste projeto é sua concepção, nos moldes do “novo morar”. Os profissionais precisaram incorporar a realidade da pandemia nas plantas.

 (Haus Mitre/Reprodução)

Cada apartamento possui vários espaços de trabalho e cômodos separados para que os moradores possam ter a privacidade necessária para atividades profissionais ou estudos.

 (Haus Mitre/Reprodução)

Além disso, o prédio tem espaço fitness e de yoga, espaço wellness, sauna, sky bar, sky bar terrace, piscina adulto e infantil, deck molhado e solarium, tudo para que os moradores possam seguir com suas atividades de saúde e lazer sem precisarem se deslocar.

Veja também

 

 (Haus Mitre/Reprodução)

Há, ainda, brinquedoteca, pet place, espaço festas, espaço gourmet e até mesmo uma área na portaria para receber encomendas – um toque interessante considerando como estamos fazendo compras online.

Interiores

 

 (Haus Mitre/Reprodução)

Dentro do apartamento, a paleta de cores é neutra, com predominância de tons arenosos. O living fica integrado à varanda para que os ocupantes possam desfrutar da vista da cidade. Todo o mobiliário explora curvas e formas orgânicas, criando uma sensação de tranquilidade e relaxamento. A atmosfera se completa com pontos de iluminação indireta no teto e muitas luminárias.

Sustentabilidade

 

 (Haus Mitre/Reprodução)

O prédio também conta com iniciativas sustentáveis, como tomadas para recarregar veículos elétricos e híbridos, reaproveitamento de águas pluviais, áreas para separação de lixo reciclável, iluminação com LED e torneiras com temporizador nas áreas comuns, além de previsão de entrega de área destinada para sistema de aquecimento solar.

Comentários

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.