Continua após publicidade

Dicas essenciais para montar uma área gourmet prática

A designer de interiores Giseli Koraicho fala sobre a disposição do espaço gourmet e dá dicas de como deixar o ambiente prático para o dia a dia

Por Redação
Atualizado em 19 dez 2022, 21h24 - Publicado em 7 nov 2022, 19h00
Área gourmet externa
(Fran Parente/Casa.com.br)

Receber amigos e familiares é um dos melhores programas para os finais de semana e feriados e, para essas ocasiões, a área gourmet é um dos ambientes preferidos por moradores de casas e apartamentos.

A ideia é sempre contar com uma ambientação propícia para encontros agradáveis e momentos de lazer cercados por uma estrutura bem pensada para oferecer refeições especiais!

Espaço gourmet
Projeto do escritório Infinity Spaces. (JP Imagens/Casa.com.br)

“Erroneamente, muitas vezes as pessoas associam a área gourmet a uma varanda extensa e sempre ao ar livre. Mas essa não é a regra… a essência do nosso escritório é atribuirmos, no espaço, o estilo de vida dos nossos clientes. Ainda que o ambiente seja um pouco menor, formatamos o projeto dentro das perspectivas que atendam aos sonhos de cada morador”, comenta a designer de interiores Giseli Koraicho, à frente do escritório Infinity Spaces. Acompanhe suas dicas.

Continua após a publicidade

Área gourmet prática e funcional

Cozinha integrada com horta vertical e bancada
Projeto de Mar Arquitetura. (Produção visual: JA Interiores/Fotos: MCA Estúdio/Casa.com.br)

Segundo Giseli, quanto mais funcional o espaço gourmet for realizado, mais confortável e atrativo será para sua utilização. Para tanto, alguns elementos são essenciais, como a inserção de uma ilha ou balcão de apoio que deve apresentar uma largura mínima de 50 cm e distância máxima de 1,20m entre as bancadas.

Um mobiliário bem pensado também agrega na praticidade e otimização dos espaços, pois com os móveis bem distribuídos o morador pode acomodar todos os itens utilizados no ambiente.

Espaço gourmet com pé direito alto
Projeto do escritório Infinity Spaces. (Dotta/Casa.com.br)

“Com esta estrutura ‘básica’, podemos avaliar a inclusão de uma churrasqueira e outros adereços como, frigobar, cervejeira, balcão refrigerado”, orienta. Ela também considera como detalhes valiosos a inclusão de lixeira embutida no armário, torre de tomadas embutidas na bancada, calha úmida na parte da pia e um dispenser para detergente.

Varanda gourmet integrada
(Tua Casa/Reprodução)

Pensando no layout do projeto como um todo, a designer de interiores ainda ressalta que a integração com os demais cômodos da área social é interessante para que moradores e convidados não precisem transitar com bandejas ou copos nas mãos.

Iluminação

Área gourmet com bancada e banquetas
(Henrique Ribeiro/Casa.com.br)

Pensar em um bom projeto de iluminação para a área gourmet também é outro ponto que não pode faltar no check-list. Apostando na versatilidade para diferentes horários, o período noturno pede uma luz mais intimista, com a inclusão de luminárias pendentes sobre a bancada e fitas de LED embutidas nos móveis.

Varanda gourmet com móveis em madeira
(Reprodução/Pinterest)

“Lâmpadas com cor 3000K são perfeitas para as situações que pedem luminosidade indireta, enquanto em situações mais decorativas, LED de 2.700K já é suficiente. Agora, para a bancada e perto da churrasqueira, não abro mão dos 4.000”, orienta a design de interiores.

Continua após a publicidade
Varanda gourmet com mesas e cadeiras.
Projeto de 016 Arquitetura. (Carolina Mossin/Casa.com.br)

Durante o dia, a luz natural pode iluminar o local sem a necessidade do consumo de energia elétrica. Porém, para que o conforto térmico não seja um problema, por conta da filtração dos raios solares, o morador deve investir em persianas para a retenção da intensidade do sol, mas ao mesmo tempo permitindo a entrada da luminosidade.

Revestimentos que facilitam a limpeza

Espaço gourmet com churrasqueira
Projeto do escritório Infinity Spaces. (JP Dotta/Casa.com.br)

Como a área gourmet é um local que recebe festas e encontros, é natural que acabe sujando bem mais do que outros ambientes da residência. Por isso, a sugestão é trabalhar com revestimentos que contribuam para uma limpeza facilitada e com mais regularidade.

Continua após a publicidade

De acordo com Giseli, o porcelanato, granito, mármore e cerâmica são mais indicados para o piso, enquanto a lâmina ultra compacta e MDF são as melhores pedidas para o mobiliário.

Fique atento à churrasqueira!

Com ela, os eventos se tornam ainda mais especiais e a dica da designer de interiores é que ela não ocupe muito espaço no local de instalação, abrindo espaço para outros elementos como forno e coifa, complemento necessário na área da churrasqueira. Ela ainda reafirma que a escolha não deve ser baseada apenas no tamanho e na beleza do produto.

Espaço gourmet em varanda
Projeto do escritório Infinity Spaces. (Dotta/Casa.com.br)

“Sobretudo, a churrasqueira deve atender aos aspectos técnicos, como a existência ou a possibilidade de instalarmos uma tubulação de gás. O segundo aspecto seria a preferência do cliente, que nesse caso depende dos aspectos culturais e regionais”, explica.

Continua após a publicidade

Dica extra e importante!

Área gourmet em varanda e bancada em madeira
Projeto de J1 Arquitetura. (Raiana Medina/Casa.com.br)

Ao pensar na praticidade, as tomadas não podem ficar em segundo plano: pelo contrário, a instalação deve ser efetuada de forma estratégica para evitar cabos e conexões. “Uma boa solução para isso é criar torre de tomadas embutidas na bancada. Dependendo do tamanho da bancada, podemos utilizar até duas torres”, finaliza Giseli.

Publicidade