Casa Created with Sketch.

O guia completo das vassouras!

Tipos de cerdas e pisos são pontos que devem ser levados em consideração na hora de escolher a vassoura

 (Jozsef Hocza/Unsplash)

Pisos lisos ou ásperos, cerdas firmes ou macias, áreas internas ou externas, esses são alguns dos detalhes que merecem atenção na escolha da vassoura e que fazem a diferença na hora da limpeza! Para Suelen Viana, parceira da Bettanin, que trata do assunto com humor no Instagram, o mercado está cada vez mais atento às necessidades dos consumidores.

 (Tenor/Reprodução)

“Basta olhar os corredores de limpeza dos supermercados para notar o leque de opções de vassouras à venda. São diferentes tamanhos, formatos e tecnologias para qualquer necessidade,” observa. E com tantas opções, para não ter erro, a influenciadora destacou dois pontos principais que devem ser observados na hora da escolha do produto: o tipo de cerda e de piso.

 (John Chaidler/Unsplash)

Tipos de cerdas

​​De acordo com Suelen, são as cerdas que definem a indicação de uso da vassoura e que influenciam na performance da limpeza. Existem vassouras com cerdas mais rígidas, aquelas mais macias e flexíveis e há, também, aquelas que mesclam os dois tipos de cerdas.

 (Lasse Møller/Unsplash)

“Vassouras que trazem cerdas duras são indicadas para limpeza externa, com pisos rústicos, cimentados e de pedra. Elas são ideais quando há um grande volume de folha a ser varrido, por exemplo. Já as macias, são indicadas para uma limpeza delicada, uma vez que apresentam flexibilidade e leveza necessárias para não arranhar as superfícies”, explica.

 (Jane Slack Smith/Unsplash)

Os modelos com cerdas mistas são indicados para todos os tipos de limpeza. “Vassouras que trazem essa tecnologia são coringas na hora de varrer o chão. Com dupla função, as cerdas duras agem em sujeiras incrustadas e as macias atuam na varrição de pó, cabelos e farelos’’, acrescenta.

Veja também

 (Marijke Van Den Krommenacker/Cupcakes and Cashmere/Unsplash)

De acordo com a influenciadora, existe uma dica infalível para identificar os tipos de cerdas das vassouras: “Sempre falo para os meus seguidores testarem o produto na própria loja, pressionando-o no chão. Desta forma é possível checar se as cerdas são mais rígidas ou flexíveis’’, destaca.

Tipos de piso

 

 (Natalie Renaud/Pinterest)

Após entender as diferenças entre os tipos de cerdas e suas funcionalidades é preciso analisar o tipo de piso presente nos ambientes da casa. Áreas externas, que geralmente contam com pisos ásperos, exigem uma limpeza mais pesada e, portanto, vassouras com cerdas mais resistentes.

 (Tenor/Reprodução)

“O piso do meu quintal é cimentado, e neste caso uso uma vassoura de cerdas sintéticas mais resistente, pois preciso colocar maior pressão no utensílio na hora de varrer’’, conta.

 (Francesca Tosolini/Unsplash)

Já nas áreas internas, que normalmente possuem pisos lisos e mais delicados, a escolha de uma vassoura com cerdas macias é ideal para evitar riscos e para não prejudicar o brilho natural das superfícies.

 (Tenor/Reprodução)

Outro ponto é que a sujeira costuma ser composta por pelos, ciscos, cabelos, itens muito pequenos e leves, que não seriam eficientemente conduzidos por uma vassoura com cerdas duras. “Meu piso da cozinha é de porcelanato e todo cuidado é pouco para não arranhá-lo! Na hora da limpeza, costumo usar uma vassoura com pelos naturais macios’’, completa.

Comentários

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.