O guia completo das vassouras!

Tipos de cerdas e pisos são pontos que devem ser levados em consideração na hora de escolher a vassoura

Por Redação Atualizado em 9 abr 2022, 23h08 - Publicado em 2 nov 2021, 13h00
Vassoura azul
Jozsef Hocza/Unsplash

Pisos lisos ou ásperos, cerdas firmes ou macias, áreas internas ou externas, esses são alguns dos detalhes que merecem atenção na escolha da vassoura e que fazem a diferença na hora da limpeza! Para Suelen Viana, parceira da Bettanin, que trata do assunto com humor no Instagram, o mercado está cada vez mais atento às necessidades dos consumidores.

Gif de mulher abrindo armário e vassouras caindo
Tenor/Reprodução

“Basta olhar os corredores de limpeza dos supermercados para notar o leque de opções de vassouras à venda. São diferentes tamanhos, formatos e tecnologias para qualquer necessidade,” observa. E com tantas opções, para não ter erro, a influenciadora destacou dois pontos principais que devem ser observados na hora da escolha do produto: o tipo de cerda e de piso.

Vassoura com cerdas coloridas
John Chaidler/Unsplash

Tipos de cerdas

​​De acordo com Suelen, são as cerdas que definem a indicação de uso da vassoura e que influenciam na performance da limpeza. Existem vassouras com cerdas mais rígidas, aquelas mais macias e flexíveis e há, também, aquelas que mesclam os dois tipos de cerdas.

Vassoura com cerdas vermelhas
Lasse Møller/Unsplash

“Vassouras que trazem cerdas duras são indicadas para limpeza externa, com pisos rústicos, cimentados e de pedra. Elas são ideais quando há um grande volume de folha a ser varrido, por exemplo. Já as macias, são indicadas para uma limpeza delicada, uma vez que apresentam flexibilidade e leveza necessárias para não arranhar as superfícies”, explica.

Vassoura apoiada em parede de pedra
Jane Slack Smith/Unsplash

Os modelos com cerdas mistas são indicados para todos os tipos de limpeza. “Vassouras que trazem essa tecnologia são coringas na hora de varrer o chão. Com dupla função, as cerdas duras agem em sujeiras incrustadas e as macias atuam na varrição de pó, cabelos e farelos’’, acrescenta.

Veja também

Vassouras apoiadas em parede amarela queimada
Marijke Van Den Krommenacker/Cupcakes and Cashmere/Unsplash
Continua após a publicidade

De acordo com a influenciadora, existe uma dica infalível para identificar os tipos de cerdas das vassouras: “Sempre falo para os meus seguidores testarem o produto na própria loja, pressionando-o no chão. Desta forma é possível checar se as cerdas são mais rígidas ou flexíveis’’, destaca.

Tipos de piso

 

Sala integrada com piso em cimento queimado
Natalie Renaud/Pinterest

Após entender as diferenças entre os tipos de cerdas e suas funcionalidades é preciso analisar o tipo de piso presente nos ambientes da casa. Áreas externas, que geralmente contam com pisos ásperos, exigem uma limpeza mais pesada e, portanto, vassouras com cerdas mais resistentes.

Gif de guaxinim varrendo chão
Tenor/Reprodução

“O piso do meu quintal é cimentado, e neste caso uso uma vassoura de cerdas sintéticas mais resistente, pois preciso colocar maior pressão no utensílio na hora de varrer’’, conta.

Sala integrada com piso em madeira
Francesca Tosolini/Unsplash

Já nas áreas internas, que normalmente possuem pisos lisos e mais delicados, a escolha de uma vassoura com cerdas macias é ideal para evitar riscos e para não prejudicar o brilho natural das superfícies.

Gif de mulher varrendo
Tenor/Reprodução

Outro ponto é que a sujeira costuma ser composta por pelos, ciscos, cabelos, itens muito pequenos e leves, que não seriam eficientemente conduzidos por uma vassoura com cerdas duras. “Meu piso da cozinha é de porcelanato e todo cuidado é pouco para não arranhá-lo! Na hora da limpeza, costumo usar uma vassoura com pelos naturais macios’’, completa.

Continua após a publicidade

Publicidade