Como cuidar do seu sofá direitinho

Entenda a importância dos cuidados e manutenção do móvel para a sua longevidade no décor

Por Luiza Cesar Atualizado em 16 mar 2022, 19h06 - Publicado em 16 mar 2022, 13h00
Sofá
Reprodução/Giphy

O sofá é o protagonista da área social em qualquer residência. E, como uma peça importante e básica, manter a estética, conforto e o tempo de vida útil são elementos importantes para a decoração.

Sua fama foi concebida diante do conforto proporcionado pela peça e como ela consegue delimitar um espaço no ambiente, em relação ao restante do mobiliário – sendo um dos móveis mais utilizados pelos moradores. Afinal, é ali que muitas pessoas passam horas sentados ou deitados, seja assistindo filmes, lendo livros, jogando videogame ou conversando.

Projeto: Isabella Nalon
Projeto: Isabella Nalon Julia Herman/Casa.com.br

Por ser utilizado com muita frequência, tanto por residentes como visitantes, acaba se tornando um item que se desgasta mais do que os outros, exigindo cuidados com a limpeza e manutenção para garantir uma vida duradoura.

Segundo a arquiteta Isabella Nalon, à frente do escritório que leva o seu nome, ter certas cautelas com o sofá é extremamente necessário: “Pode passar despercebido à primeira vista, mas a poeira, migalhas, restos de comidas e manchas decorrentes de vários fatores podem, com o tempo, danificar o estofado de uma maneira irreversível.”

Projeto Gabriel Cordeiro Arquitetura - Vila Romana I Foto Mariana Orsi (19)-sofa-quadro-almofadas
foto: Mariana Orsi/produção: Deborah Apsan/Casa.com.br

Sendo assim, uma rotina diária ou semanal é fundamental para a conservação da peça – especialmente para quem tem o hábito de fazer refeições sentado nele.

Evitar deixar a sujeira acumular é um dos grandes segredos e, para isso, um aspirador se torna o salvador do dia – o indicado é usá-lo duas vezes por semana. E investir em capas, mantas e almofadas por ser mais uma solução para protegê-lo.

Quer mais dicas como estas? Confira a lista que a especialista separou:

Tecidos práticos para a casa

Projeto: Isabella Nalon
Projeto: Isabella Nalon Julia Herman/Casa.com.br

Quando o assunto é resistência e facilidade, aposte no couro sintético, que também promove alta durabilidade sem precisar de cuidados intensos. Por não absorver sujeiras, esta opção vai para os que gostam de passar bastante tempo no sofá.

Veja também

Para praticidade, o Acquablock é outra alternativa, uma vez que as manchas não aderem às fibras, impedindo que a poeira se acumule. Excelentes para áreas com piscinas, crianças e pets ou casas na praia.

“A lona não é muito convencional, mas também é um dos tecidos mais resistentes que podemos encontrar. Reconhecido por seu conforto, também gosto muito do suede, que é igualmente fácil de limpar e é longevo. Com esse efeito de camurça sintética, produzida com poliéster sem trama, a estética é linda e ainda evita o acúmulo de poeira”, relata Isabella.

Continua após a publicidade

Impermeabilização

Projeto: Isabella Nalon
Projeto: Isabella Nalon Julia Herman/Casa.com.br

A impermeabilização é outro zelo que ajuda a dar uma vida longa ao tecido e conservar o sofá. O processo, feito por empresas especializadas, é realizado através da aplicação de um produto por meio de um pulverizador, que fecha as fibras do tecido, evitando a penetração de líquidos derramados e não deixando umedecer a superfície.

Este cuidado previne as manchas e maus odores. Lembre-se de, no caso da compra de um sofá usado, efetuar a limpeza da peça antes do procedimento.

Atenção: cada empresa possui uma técnica e produto para a realização do trabalho. Vale lembrar que a atividade não altera a cor e nem a textura do tecido e, depois de efetuado, deve-se aguardar entre duas e três horas para usá-lo novamente.

Como limpar?

Sofá cinza com almofadas coloridas

Além da impermeabilização, existem empresas que também executam a higienização. Garanta uma peça sem micro-organismos acumulados, que podem ser prejudiciais à saúde, na fibra do tecido com a aplicação de produtos bactericidas e fungicidas.

“Os variados tipos de tecido se comportam de maneira diferente na hora da limpeza. Um produto aplicado de forma errada pode ocasionar uma grande dor de cabeça e um problema ainda maior e mais difícil de ser solucionado. Por isso, sempre digo para meus clientes não se arriscarem em casa. Contratar um especialista é o melhor caminho”, afirma a arquiteta.

Caiu um líquido ou um alimento no sofá. E agora?

Sofá alimentos

Anote: as manchas são as maiores inimigas do sofá! Na hora da correria para tentar removê-las de forma rápida, depois de um acidente, o morador pode ser surpreendido com grandes danos no móvel. O segredo é não permitir o acúmulo.

Para contornar, tome duas medidas: pegue um pano levemente úmido juntamente com algumas gotas de detergente neutro e, em alguns casos, uma escovinha de cerdas macias. Entretanto, nada de agir por impulso, teste uma área cega do item para avaliar possíveis reações.

“Em hipótese alguma utilize outro produto que não seja detergente neutro. Do contrário, o risco de avarias é grande”, acrescenta Isabella.

Residências com pets

Sofá cachorro

Seu animal de estimação está acostumado a subir no sofá? Então inclua na sua rotina uma limpeza pesada. Caso o aspirador não for suficiente, tente retirar os pelos com uma fita adesiva.

Porém, comece a facilitar sua vida na hora da compra, evitando tecidos com texturas que desfiam ou com alta aderência aos pelos. Microfibra, poliéster e couro são lisos e fáceis de limpar – ainda mais acompanhados por capas e mantas que auxiliam na conservação.

Continua após a publicidade

Publicidade