Plantas terapêuticas: conheça efeitos e melhore sua saúde

Seu cantinho verde pode ser muito mais poderoso do que pensa

Por Redação Atualizado em 26 jan 2022, 16h18 - Publicado em 26 jan 2022, 19h00
Tehrantime/Reprodução

O que são plantas terapêuticas?

Desde de alegrar a casa, um jardim, ou até mesmo melhorar a sua saúde e bem-estar, as flores e plantas são umas das nossas maiores aliadas. Com a possibilidade de serem usadas para fazer chás, óleos, preparações farmacêuticas e outras receitas, algumas espécies conseguem estimular o metabolismo e aliviar problemas emocionais!

As chamadas plantas medicinais são consumidas como prevenção, alívio ou cura de certas doenças. Porém, antes de cultivar os tipos aromáticos e condimentares, é muito importante que você conheça as principais características e nomes científicos. Afinal, antes de colocá-la no seu jardim ou dentro de casa, nada mais seguro do que ter certeza que não é tóxica.

Plantas terapêuticas realmente funcionam?

 

Gardenin Know How/Reprodução

Depende! Infelizmente não existe uma plantinha que possa curar a Covid-19, por exemplo, mas os benefícios medicinais de algumas espécies são reais e explorados há milênios.

Segundo o Dr. Michael J Balick, vice-presidente de Ciências Botânicas do Jardim Botânico de Nova York, em entrevista para Martha Stewart, “A Mãe Natureza é uma química brilhante. Desde os primeiros tempos, nossos ancestrais aprenderam a usar plantas para curar e promover a boa saúde”.

Balick alerta, porém, para o uso descuidado: “Sempre sugiro que qualquer coisa tomada como medicamento – seja um produto farmacêutico ou um suplemento de ervas ou chá – seja usado sob a supervisão de um profissional experiente para garantir os melhores resultados”. Ou seja, sempre consulte seu médico antes!

Veja também

Quais são as espécies de plantas terapêuticas?

Para dar uma lista completa dos nomes poderosos, a florista Juana Martinez, parceira da Flores Online separou algumas espécies terapêuticas e como usá-las no dia a dia:

Arnica

 

Vitat/Reprodução

Se machucou? A arnica ajuda em contusões, hematomas e no processo de cicatrização. Já o eucalipto é utilizado para inalação, descongestão e como expectorante.

Camomila

 

Pixabay/Pexels

A camomila é uma erva que auxilia no tratamento de dores de estômago e possui efeito calmante – por isso ajuda no sono e nas malditas cólicas menstruais, pois relaxa a musculatura. Veja tudo sobre a espécie aqui!

Continua após a publicidade

Aloe e Vera

 

Nikita Belokhonov/Pexels

A aloe vera, famosa babosa, é muito aplicada no processo de cicatrização de queimaduras e tem um grande poder de hidratação dos cabelos e da pele. Veja tudo sobre a espécie aqui!

Lavanda

 

Anastasia Shuraeva/Pexels

A lavanda previne o envelhecimento precoce, combate distúrbios de ansiedade e diminui os níveis de cortisol. Veja tudo sobre a espécie aqui!

Gengibre

 

The Gardening Cook/Reprodução

O gengibre possui propriedades anti-inflamatórias e antioxidantes, além de potássio e magnésio. É uma boa planta para melhorar as cólicas menstruais, náuseas e para aliviar problemas respiratórios, como tosse e dor de garganta. Veja tudo sobre a planta aqui!

Valeriana

 

Oficina de Ervas/Reprodução

A valeriana é uma planta rica em ácido valerênico e isovalérico, os quais têm propriedades calmantes. Ela pode ser utilizada como sedativo ou para ajudar com estresse. Mas cuidado, sempre consulte seu médico antes, o uso excessivo pode causar problemas estomacais e ela não é recomendada para grávidas ou para quem está amamentando.

Como cultivar

 

Tehrantime/Reprodução

Para essas espécies, a área de plantação deve dispor de cinco horas de sol, pelo menos. Também é importante a análise química do solo, que deve ter boa drenagem. A maioria das plantas medicinais reproduz melhor em solo fértil, leve, arejado e com pH que varia entre 6,0 e 6,5.

Continua após a publicidade

Publicidade