Casa Created with Sketch.

15 plantas que vão deixar sua casa super cheirosa

Mais do que apenas belas, essas plantas têm um cheiro gostoso e algumas ainda podem ser usadas na hora de cozinhar!

As plantas de casa chamam a atenção pela beleza, mas podem contribuir com o lar com algo além da estética. Por exemplo, plantas com flores e ervas com aroma podem melhorar nossa vida, tornando nosso lar um cheiro agradável e convidativo. Algumas também podem ser usadas ​​para adicionar sabor e intensidade aos alimentos que comemos.

Veja 15 plantas perfumadas que vão deixar sua casa cheirosa e linda!

 

1. Jasmim (Jasminum)

 

 (dianazh/Getty Images/TreeHugger)

Dicas de cuidados com a planta

Luz: Sol pleno.

Água: muita água.

Solo: bem drenado, argiloso.

Segurança: Não é tóxico para cães e gatos.

2. ​​​​Lavanda (Lavandula)

 

 (anskuw/Getty Images/TreeHugger)

Dicas de cuidados com a planta

Luz: Sol pleno.

Água: Água somente quando o solo estiver seco.

Solo: bem drenado.

Segurança: Tóxico para cães e gatos.

3. Laranjeira (Citrofortunella microcarpa)

 

 (Glasshouse Images/Getty Images/TreeHugger)

Dicas de cuidados com a planta

Luz: Sol pleno.

Água: regue com pouca frequência, quando o solo está seco.

Solo: Bem drenado, adicione fertilizante quando necessário.

Segurança: Tóxico para cães e gatos.

4. Eucalipto (Eucalyptus globulus)

 

 (Maya23k/Getty Images/TreeHugger)

​​Dicas de cuidados com a planta

Luz: Sol pleno.

Água: Água moderada, mas completamente.

Solo: Prefere solo seco ao úmido, fertilize conforme necessário.

Segurança: Tóxico para cães e gatos.

5. Hortelã (Mentha spicata)

 

 (neusrockimages/Getty Images/TreeHugger)

Dicas de cuidados com a planta

Luz: sombra parcial, luz indireta.

Água: mantenha o solo úmido.

Solo: Prefere solo ligeiramente ácido.

Segurança: Tóxico para cães e gatos.

Veja também

6. Alecrim (Salvia rosmarinus)

 

 (Merethe Svarstad/EyeEm/Getty Images/TreeHugger)

Dicas de cuidados com a planta

Luz: requer sol pleno.

Água: Água somente quando seca.

Solo: Tem melhor desempenho em solos bem drenados e densos em nutrientes.

Segurança: Não é tóxico para cães e gatos.

7. Gerânio (Pelargonium graveolens)

 

 (Lars Johansson/Getty Images/TreeHugger)

Dicas de cuidados com a planta

Luz: Prospera em pleno sol direto.

Água: Extremamente tolerante à seca, não regue em excesso.

Solo: ligeiramente ácido, não muito úmido.

Segurança: Tóxico para cães e gatos.

8. Gardênia (Gardenia Jasminoides)

 

 (Santiago Urquijo/Getty Images/TreeHugger)

Dicas de cuidados com a planta

Luz: Precisa de luz solar, mas não pode superaquecer, e não floresce se estiver em muita sombra.

Água: mantenha o solo úmido, tome cuidado para não regar em excesso.

Solo: Prefere solo ligeiramente ácido, fertilize nos meses mais quentes.

Segurança: Tóxico para cães e gatos.

9. Jacinto (Hyacinthus orientalis)

 

 (Jan de Graaf/Getty Images/TreeHugger)

Dicas de cuidados com a planta

Luz: De parcial a pleno sol.

Água: regue regularmente, não deixe os bulbos secarem.

Solo: Escolha uma mistura de envasamento de boa qualidade; pedras e cascalho podem ser incluídos para drenagem.

Segurança: Tóxico para cães e gatos.

10. Rosas em miniatura (Rosa chinensis minima)

 

 (tcerovski/Getty Images/TreeHugger)

Dicas de cuidados com a planta

Luz: coloque em uma área com pleno sol, mas não muito calor.

Água: regue abundantemente, permita uma drenagem adequada.

Solo: fertilize na primavera, não deixe as raízes ficarem muito encharcadas.

Segurança: Não é tóxico para cães e gatos.

11. Erva-cidreira (Melissa officinalis)

 

 (leonsbox/Getty Images/TreeHugger)

Dicas de cuidados com a planta

Luz: Necessita de um sol amplo e direto.

Água: regue diariamente, evite deixar o solo ficar encharcado.

Solo: mantenha bem drenado, adicione um composto rico quando necessário.

Segurança: Não é tóxico para cães e gatos.

12. Plumeria (Plumeria rubra)

 

 (Ferdousi Begum/Getty Images/TreeHugger)

Dicas de cuidados com a planta

Luz: requer sol, preferencialmente quartos voltados para o sul.

Água: regue abundantemente, deixe o solo secar entre as regas.

Solo: Prefere solo rico e solto, fertilize entre as estações dormentes.

Segurança: Toxicidade para cães e gatos desconhecida, portanto, tenha cuidado.

13. Manjericão (Ocimum basilicum)

 

 (istetiana/Getty Images/TreeHugger)

Dicas de cuidados com a planta

Luz: De parcial a pleno sol.

Água: regue semanalmente, dependendo da quantidade de luz solar.

Solo: mantenha o solo úmido, mas não encharcado.

Segurança: Não é tóxico para cães e gatos.

14. Flor do Imperador (Osmanthus fragrans)

 

 (Toru Kimura/Getty Images/TreeHugger)

Dicas de cuidados com a planta

Luz: Sol forte e abundante.

Água: regue regularmente, mantenha úmido.

Solo: mantenha o solo bem drenado, fertilize quando necessário.

Segurança: Toxicidade para cães e gatos desconhecida, portanto, tenha cuidado.

15. Narciso (Narcissus pseudonarcissus)

 

 (Cristian Bortes/EyeEm/Getty Images/TreeHugger)

Dicas de cuidados com a planta

Luz: Permitir pleno sol, mas sombra parcial ok.

Água: mantenha a água no recipiente, observe se há raízes encharcadas.

Solo: solo para envasamento solto é o melhor; pedras e cascalho podem ajudar na drenagem.

Segurança: Tóxico para cães e gatos.

*Via Treehugger

Veja também
Comentários

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.