Conheça o teclado mais confortável do mundo

O produto ergonômico dividido suporta o movimento natural do dedo e do polegar

Por Redação Atualizado em 18 fev 2022, 13h02 - Publicado em 20 fev 2022, 19h00
Moergo/Designboom

Você passa o dia digitando em um teclado chato e desconfortável? Este teclado ergonômico projetado por Stephen Cheng e Chris Andreae pode mudar a sua vida.

Chamado de ‘glove80’, cada tecla é posicionada para permitir o acesso ao alcance de seus dedos, o que significa movimentos mínimos e menos movimentos desajeitados. O objetivo é ajudar os usuários a digitar mais rápido por mais tempo e manter uma postura de digitação saudável o tempo todo.

Moergo/Designboom

As teclas dos dedos são dispostas em colunas em um keywell curvo para seguir as curvas desenhadas por nossos dedos, quando naturalmente os flexionamos. Para cada polegar, glove80 tem 6 teclas dispostas em 2 arcos em diferentes alturas.

Veja também

Este design inovador permite que cada polegar alcance facilmente todas as 6 teclas sem movimento da palma, facilitando que os polegares subutilizados assumam a carga de trabalho dos dedos mindinhos.

Continua após a publicidade

Moergo/Designboom

O glove80 também é totalmente configurável, desde o ajuste à largura dos ombros do usuário, à alteração do ângulo de sustentação do pulso, até o suporte a qualquer layout de tecla. Os keycaps também são uniformes e, portanto, reorganizáveis, facilitando a adaptação a qualquer layout.

Moergo/Designboom

A nova criação possui recursos de bluetooth sem fio, eliminando a necessidade de cabos confusos. Leve e compacta, é fácil levá-la com você para a sala de reuniões, o café ou onde quer que você precise trabalhar. Se você estiver se sentindo aventureiro, o design dividido também ajuda a montagem personalizada.

O visual final do produto levou seis anos para ser desenvolvido por Cheng e Andreae e mais de 500 experimentos de ergonomia diferentes para encontrar a posição e o ângulo perfeitos para cada tecla.

Moergo/Designboom

Os designers dizem: “Nós construímos equipamentos de teste modulares que nos permitiram trocar rapidamente partes do teclado para testar muitas variações. A melhor parte foi que os equipamentos de teste pareciam e funcionavam como teclados normais para que nossos usuários pudessem testar o desempenho de nossos projetos na vida real.”

*Via Designboom

Continua após a publicidade

Publicidade