Casa Created with Sketch.

Reforma deixa casa retrô de 36 m² mais integrada e iluminada

O escritório HAO Design, à frente do projeto, optou por remover paredes sólidas e mover escadas para o exterior, deixando os espaços internos mais fluidos

Casa de dois andares com décor de base neutra

 (Hey! Cheese/ArchDaily)

Este imóvel localizado no distrito de Zuoying, na cidade de Kaohsiung (sul de Taiwan), tem apenas 36 m² e reúne um estúdio e um espaço expositivo com mobiliário à venda. Com 36 anos de história, a propriedade é mais uma na fileira de casas geminadas antigas e tem um exterior retrô, aconchegante e convidativo, além da planta de dois andares popular na década de 1960.

Dois andares de uma casa integrados a partir da remoção de uma parede sólida

 (Hey! Cheese/ArchDaily)

O primeiro andar tem uma fachada estreita, o que impedia que o interior recebesse muita luz e obscurecia o exterior original do edifício. No projeto de reforma, os profissionais do escritório HAO Design removeram a escada interna, as janelas gradeadas de ferro voltadas para a rua e a cabana de chapa metálica que atuava como uma cozinha. Assim, esse primeiro volume ganhou um fundo maior.

Casa de dois andares integrada a partir de remoção de paredes. Base branca e décor neutro

 (Hey! Cheese/ArchDaily)

“Enriquecemos o espaço com a adição de escadas exteriores e um pátio, de forma a permitir que a antiga casa recuperasse o seu charme e estilo originais”, contam os arquitetos.

Veja também

O espaço foi originalmente designado como estúdio e espaço de exposição para móveis japoneses, mas devido à planta baixa, os três cômodos do prédio eram todos separados por paredes sólidas e bloqueados por escadas. Todo o espaço estava fragmentado e incoerente.

Casa de dois andares de fachada branca com escadas exteriores

 (Hey! Cheese/ArchDaily)

Por isso, os arquitetos optaram por remover as paredes sólidas que separavam os pisos escalonados e mover as escadas para o exterior, expandindo o espaço interior da estrutura para que a luz do pátio pudesse entrar. Além disso, o uso de vidros que permitem a livre passagem da luz ajudou na ampliação do espaço e melhorou a interatividade. Agora, cada ambiente pode interagir com os vizinhos.

“Para evidenciar as belas características da casa geminada, como o chanfro circular das janelas, utilizamos a cor branca como base para criar um espaço limpo e organizado para a exposição de móveis”, contam os profissionais.

Casa de dois andares integrada de base branca e décor neutro

 (Hey! Cheese/ArchDaily)

Agora, as escadas são a única coisa que conecta os andares. A fim de adicionar algo novo, foi adicionada uma inclinação às janelas francesas no segundo andar para que as pessoas pisem em uma plataforma triangular ao sair pelas escadas externas. Isso também cria uma fachada mais viva.

O caminho através da casa é amarrado pelas escadas exteriores para que os ocupantes e visitantes entrem e saiam, desfrutando da emoção de explorar todos os vários espaços.

Veja mais fotos do projeto na galeria abaixo:

* Via ArchDaily

Comentários

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.