Casa Created with Sketch.

Após reforma, apê de 80 m² fica mais colorido, moderno e sofisticado

O projeto é da arquiteta Marina Carvalho, que apostou em uma marcenaria funcional e ambientes confortáveis

No imóvel com 80m², a arquiteta Marina Carvalho incorporou novos ambientes por meio de recursos que favoreceram a sensação de amplitude

No imóvel com 80m², a arquiteta Marina Carvalho incorporou novos ambientes por meio de recursos que favoreceram a sensação de amplitude (Evelyn Müller/Casa.com.br)

A moradora deste apartamento de 80 m² queria sair da mesmice e trazer mais personalidade ao seu lar. Encontrou, através das redes sociais, a arquiteta Marina Carvalho, que viu na variação de cores uma possibilidade de transformar os ambientes e torná-los mais agradáveis e modernos.

“Além dos cômodos coloridos, Sandra compartilhou o desejo por ambientes informais. Então propusemos soluções tanto na parte estrutural quanto na decoração”, recorda Marina.

Através da integração dos ambientes, o apartamento ganhou mais espaço para que a moradora pudesse receber visitas de amigos e familiares

Através da integração dos ambientes, o apartamento ganhou mais espaço para que a moradora pudesse receber visitas de amigos e familiares (Evelyn Müller/Casa.com.br)

Com uma planta original que apresentava uma área social uma metragem reduzida, a arquiteta realizou adaptações para que os ambientes pudessem conversar entre si, exercer várias funções e, sobretudo, oferecer o máximo conforto.

Área social

Na área social do apartamento, o espaço da sala de jantar, composta por um canto alemão, está integrado com o estar e a cozinha, unindo estes dois ambientes.

Além de ser ideal para projetos com metragem reduzida, o canto alemão é um ambiente charmoso e convidativo para fazer as refeições

Além de ser ideal para projetos com metragem reduzida, o canto alemão é um ambiente charmoso e convidativo para fazer as refeições (Evelyn Müller/Casa.com.br)

Dessa forma, é possível que a cliente tenha ainda mais espaço para receber suas visitas e possa interagir com os convidados que estão em um cômodo diferente.

A iluminação, com fita de LED, foi instalada na prateleira linear que vai de uma ponta a outra da sala e, para reforçar, os spots embutidos no forro e a pendente, posicionado acima da mesa, evidenciam os materiais – seu quartzo branco e a lona verde dos bancos e das cadeiras.

 (Evelyn Müller/Casa.com.br)

“Na decoração desse canto, propusemos algo diferente: ao invés de quadros ou fotografias, apostamos na composição artesanal chamada Casablanca. Eu amei esse mix entre chapéus, pratos e tampas de cestos, deixando o ambiente único e marcante”, completa.

Na sala de estar, a moradora do apartamento pediu por um ambiente prático e de fácil manutenção. Por isso, na formatação, o desenho da marcenaria é uma mescla entre prateleira e móvel fechado, escondendo os eletrônicos no local onde está a TV.

Veja também

Ainda pensando na praticidade do dia a dia, o décor recebeu um tapete de sisal e algodão e, no sofá, o tecido de lona azul é contemporâneo e requer cuidados simples. Nas paredes, a tinta acrílica lavável é perfeita para eliminar qualquer sujeira apenas com um pano úmido.

Mesmo com o espaço reduzido no living, a moradora preferiu não integrar a varanda com a área social. Assim, os caixilhos que separam os dois ambientes foram mantidos, o que não interferiu na sensação de continuidade em função do mesmo piso.

“Antes de instalarmos o piso de porcelanato amadeirado, elevamos o nível do contrapiso do terraço para que ele ficasse o mais próximo possível da altura da sala. Com isso, dá impressão de que a porta está embutida no piso e os espaços estão unidos”, esclarece Marina.

Cozinha e lavanderia

Os móveis sob medida são ideais para compactar os espaços. Além disso, o verde suave da marcenaria propiciou cor e vida ao ambiente

Os móveis sob medida são ideais para compactar os espaços. Além disso, o verde suave da marcenaria propiciou cor e vida ao ambiente (Evelyn Müller/Casa.com.br)

Para a cozinha, com apenas 8 m², a marcenaria sob medida foi fundamental para que cada centímetro fosse aproveitado. Com isso, geladeira, cooktop, forno e micro-ondas ficam encaixados perfeitamente entre armários e gaveteiros.

O piso de porcelanato desse cômodo é o mesmo do restante do apartamento, que teve um efeito muito interessante com as peças assentadas na paginação espinha de peixe – muito comum em tacos de madeira.

A iluminação é outro ponto relevante, já que auxilia no preparo dos alimentos e evidencia a marcenaria verde que dá o colorido da cozinha.

Nas escolhas, a fita de LED com luz quente e baixo consumo foi incorporada nos armários aéreos para clarear a bancada e deixar tudo convidativo visualmente para o preparo dos alimentos.

Pensando em otimizar os espaços, o tampo de pedra da cozinha acompanhou a altura da lavanderia. Praticamente grudadas uma na outra, é a porta de correr embutida e executada em serralharia preta e vidro mini boreal, que separa as duas bancadas e cria uma divisão entre os ambientes.

“A lavanderia seguiu a especificação que trabalhamos na cozinha. Na atenção aos detalhes, o lixo foi inserido dentro de um dos armários, dando uma sensação de limpeza e organização”, acrescenta Marina.

Área externa

A varanda tornou-se um lugar de paz e tranquilidade para a moradora. Discretos, os armários acrescentaram espaço para guardar os itens da casa, bem como contribuiu para o décor

A varanda tornou-se um lugar de paz e tranquilidade para a moradora. Discretos, os armários acrescentaram espaço para guardar os itens da casa, bem como contribuiu para o décor (Evelyn Müller/Casa.com.br)

Transmitindo uma sensação relaxante e suave, a varanda constituída por cadeiras de balanço confortáveis, uma mesinha e planta vasos com plantas tornou-se um local perfeito para descansar, ler um livro ou ouvir música, uma das paixões da moradora que possui uma vitrola para tocar os seus discos de vinil.

 (Evelyn Müller/Casa.com.br)

“Claro que ela ainda se tornou um elemento vintage para o décor”, celebra a arquiteta. A varanda ainda recebeu móveis muito discretos e que complementam o espaço para organizar itens de sua residência – um armário suspenso mais baixo e outro mais alto que acomoda materiais de limpeza que normalmente ficariam na lavanderia.

Para o ar-condicionado que estava na varanda, uma vez que a estrutura do prédio não dispunha de uma área técnica, o escritório desenvolveu uma estrutura metálica, com uma portinha de vidro, para que o ar quente do equipamento não invadisse o ambiente.

Ala íntima

Dando acesso para os cômodos da ala íntima do apartamento, o corredor evoca um toque especial com o azul nas paredes, portas e teto, formando uma monocromia estilosa.

 (Evelyn Müller/Casa.com.br)

O primeiro ambiente desta ala é home office. Originalmente um dormitório, o espaço foi adaptado para atender todas as necessidades de Sandra em seu horário de trabalho.

 (Evelyn Müller/Casa.com.br)

A bancada é revestida de laminado branco e nichos iluminados para apoiar os objetos. Além disso, armários, caixas e duas gavetas foram dispostas para armazenar documentos e outros artigos, auxiliando na organização do local.

Já o dormitório ganhou estilo e personalidade com a cor verde em destaque na parede atrás da cama e faz as vezes de cabeceira: a pintura contrasta com o branco das demais face e os móveis pretos.

Pautada pela sobriedade, o tom fechado foi guarnecido com as cores neutras empregadas por Marina. “Com o enxoval branco, a mesinha lateral com lâmina de madeira ebanizada e a fotografia descentralizada alcançamos uma atmosfera super sofisticada”, relembra.

 (Evelyn Müller/Casa.com.br)

O quarto ainda conta com um grande móvel, elaborado com muitas portas e gavetas que recebem roupas e sapatos, um vão para encaixar a TV e um nicho iluminado com LED para destacar a decoração.

Conectado ao dormitório, o banheiro de Sandra já contava com uma estética moderna e simples e, por isso, não foi preciso dedicar muitos investimentos.

 (Evelyn Müller/Casa.com.br)

Os azulejos brancos foram rejuntados em azul, combinando com a serralheria do box e a marcenaria. Em uma ambiência harmônica, a bancada de quartzo branco e os metais pintados em preto completam as escolhas.

 (Evelyn Müller/Casa.com.br)

Já no banheiro social, que também serve como lavabo e acompanha características semelhantes ao principal, a serralheria do box ganhou uma pintura eletrostática em um tom tijolo e vidros mino boreal, propiciando privacidade para quem estiver tomando banho.

Nos dois banheiros, a abertura sanfonada do box foi a saída encontrada para a comodidade em áreas menores.

Comentários

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.