Casa Created with Sketch.

Minimalismo e funcionalidade definem apartamentos na Liberdade

Os projetos são da TODOS Arquitetura para o stand de vendas do residencial Liberdade

 (Alexandre Suplicy/ArchDaily)

O empreendimento Residencial Liberdade, localizado num tradicional bairro do centro de São Paulo, busca resgatar o pertencimento do jovem paulistano ao coração da cidade. No processo, procura também criar uma comunidade multicultural e diversa, que se apropria das novas formas de morar sem perder de vista a conexão com suas raízes. Para o stand de vendas, o escritório TODOS Arquitetura projetou dois decorados, um de 19 m² e o outro com 29 m².

Apartamento de 19 m²

 

 (Alexandre Suplicy/ArchDaily)

O imóvel menor reúne cozinha, quarto, banheiro e sala de forma harmoniosa e inteligente, buscando tornar a vida dos seus moradores mais prática e integrada.

Na entrada do studio, a cozinha foi projetada em um bloco linear com soluções pensadas para o aproveitamento máximo do espaço. A bancada serve tanto como área de corte, como espaço para refeições.

 (Alexandre Suplicy/ArchDaily)

No lado oposto, um charmoso painel ripado mimetiza as portas do armário e banheiro, organizando visualmente a entrada do apartamento. O mesmo painel adentra o espaço, criando uma unidade visual e servindo como cabeceira para a cama.

Já o banheiro ganhou atmosfera minimalista tátil, onde predominam os tons de cinza e branco dos revestimentos, acentuados pelos detalhes em preto dos metais e acabamentos. O aspecto tátil é dado pelo piso que, com sua textura, remete à sensação de se estar pisando em delicados seixos rolados.

 (Alexandre Suplicy/ArchDaily)

Apartamento de 29 m²

 

 (Alexandre Suplicy/ArchDaily)

Em 29 m², um layout inteligente é fundamental para o máximo aproveitamento do espaço. De forma a criar dois ambientes, a cama foi posicionada no canto do apartamento. A marcenaria ao lado serve como baú e, passando a cama, se transforma em apoio para a área da sala e rack para a TV. 

 (Alexandre Suplicy/ArchDaily)

As raízes orientais do bairro da Liberdade aparecem de forma sutil ao longo do projeto. A cama de baixa estatura remete à sensação de adormecer em aconchegantes futons. Já o padrão amadeirado, presente na marcenaria e luminária, remete aos tons da madeira do bambu. 

 (Alexandre Suplicy/ArchDaily)

Na sala, a paleta cromática é neutra e natural e, ao se integrar com a varanda, proporciona uma atmosfera solar e relaxante – um cantinho ideal para relaxar e se desconectar da cidade.

Esse decorado reúne cozinha, quarto e banheiro. Com um projeto inteligente que privilegia a multifuncionalidade, o apartamento recebeu um generoso banco em marcenaria. Começando na cozinha, percorre todo o apartamento, concentrando vários usos. Espaços para armazenamento e assentos para a mesa de refeições compartilham a mesma estrutura – soluções para uma vida mais prática e integrada.

 (Alexandre Suplicy/ArchDaily)

Do lado oposto à cozinha, as paredes de alvenaria do banheiro foram substituídas por estruturas em blindex, permitindo que a luz natural da varanda chegasse até este espaço. A pia foi posicionada ao lado, integrada ao quarto, permitindo um uso separado em relação ao banheiro. 

 (Alexandre Suplicy/ArchDaily)

O destaque fica para a cortina que faz o papel de fechamento dos armários e módulo da pia. A multifuncionalidade está presente em todo lugar, como na cama, que também assume a função de sofá, e na cabeceira, que se converte em mesa de escritório para um home office integrado à varanda. Aqui as horas de trabalho são solares e alegres.

Confira mais fotos dos dois apartamentos na galeria abaixo:

* Via ArchDaily

Comentários

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.