Casa Created with Sketch.

Decoração retrô colorida deixa apê de 120 m² mais alegre e despojado

O projeto, de Vinícia Brandão, manteve os móveis e eletrodomésticos existentes e modificou a cozinha e o banheiro

Como a sala deste apartamento não é muito grande e ficaria apertada para colocar mesa e estar junto, então foi sugerido colocar a mesa de jantar na varanda e deixar a sala só para o estar e um cantinho a parte para a vitrola

Como a sala deste apartamento não é muito grande e ficaria apertada para colocar mesa e estar junto, então foi sugerido colocar a mesa de jantar na varanda e deixar a sala só para o estar e um cantinho a parte para a vitrola (Carolina Mossin/Casa.com.br)

Localizado nos Jardins, em São Paulo, este apartamento de 120 m² foi reformado para o proprietário que morava fora do Brasil, mas decidiu voltar e gostaria de uma morada com mais identidade. Coube à arquiteta Vinícia Brandão a construção do projeto.

Ao lado da varanda fica o escritório com a mesa estrategicamente colocada em frente à janela. Desse modo, ela recebe mais iluminação

Ao lado da varanda fica o escritório com a mesa estrategicamente colocada em frente à janela. Desse modo, ela recebe mais iluminação (Carolina Mossin/Casa.com.br)

Todas as divisões foram mantidas, com exceção de uma porta na sala que foi eliminada para que coubesse o sofá. Como o morador já possuía todos os móveis e eletrodomésticos, o principal desafio foi distribuir todas as peças existentes de forma que o imóvel continuasse confortável.

No piso da cozinha, foi instalada uma cerâmica vermelha em estilo escama de peixe. A parte de azulejo da parede foi tirada para ficar meia parede, e contrastando com o branco do azulejo, foi usada a cor amarela. A estrutura do armário existente foi mantida e apenas as portas foram trocadas. Novas portas com puxadores de furinho no MDF e algumas portas amarelas também lembram o estilo retrô. Além dessa repaginada, o que dá um toque especial é a geladeira antiga, que foi comprada e restaurada exclusivamente para esse apartamento

No piso da cozinha, foi instalada uma cerâmica vermelha em estilo escama de peixe. A parte de azulejo da parede foi tirada para ficar meia parede, e contrastando com o branco do azulejo, foi usada a cor amarela. A estrutura do armário existente foi mantida e apenas as portas foram trocadas. Novas portas com puxadores de furinho no MDF e algumas portas amarelas também lembram o estilo retrô. Além dessa repaginada, o que dá um toque especial é a geladeira antiga, que foi comprada e restaurada exclusivamente para esse apartamento (Carolina Mossin/Casa.com.br)

Além disso, porque o apartamento era alugado, Vinícia se esforçou para trazer a identidade retrô no melhor custo possível.

Veja também

“As grandes mudanças foram na cozinha e banheiro. Fizemos uma reforma maior com instalação de novo piso na cozinha, trocamos as portas da marcenaria e a bancada da pia. Já o banheiro recebeu reforma total, mantendo a louça e a banheira existente”, conta.

Em uma das reuniões com o proprietário, que morava em Nova York, Vinícia percebeu que ele tinha uma bicicleta e ficava apoiada na sala dele de lá, então sugeriu no projeto um lugar de destaque para a bike, na parede do escritório. Essa parede foi pintada na cor verde-lousa e a bike foi colocada ali

Em uma das reuniões com o proprietário, que morava em Nova York, Vinícia percebeu que ele tinha uma bicicleta e ficava apoiada na sala dele de lá, então sugeriu no projeto um lugar de destaque para a bike, na parede do escritório. Essa parede foi pintada na cor verde-lousa e a bike foi colocada ali (Carolina Mossin/Casa.com.br)

A iluminação é simples. Segundo a arquiteta, foram respeitados os pontos existentes, pois o proprietário queria uma iluminação no estilo antigo e antigamente era assim. “O grande diferencial foi a garimpagem de lustres antigos… esse foi o toque que deu grande diferença”, diz ela.

 (Carolina Mossin/Casa.com.br)

Quadros, plantas e até mesmo uma bicicleta se espalham pelo imóvel, que ganhou um tom super despojado e alegre depois da reforma. Como os móveis já existiam, parece que cada canto do apê tem uma história para contar.

Assumindo um estilo art déco dos anos 50/60, o apartamento registrou a identidade da época de construção do prédio. O projeto propôs uma decoração colorida, com tons de abóbora, verde, terra e amarelo.

Gostou? Confira mais fotos na galeria abaixo:

Comentários

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.