Casa Created with Sketch.

Claro, colorido e funcional: confira o projeto deste apê de 178 m²

A arquiteta Ana Toscano integrou visualmente os ambientes a partir da repetição de revestimentos e cores

As paredes da sala foram mantidas brancas para que os quadros e composições tivessem destaque nas paredes

As paredes da sala foram mantidas brancas para que os quadros e composições tivessem destaque nas paredes (Julia Ribeiro/Casa.com.br)

Localizado no bairro do Campo Belo, em São Paulo, este apartamento de 178 m² recebeu uma reforma projetada pela arquiteta Ana Toscano. A ideia era transformá-lo em um imóvel aconchegante, claro e funcional.

Em termos estruturais, não foram feitas grandes intervenções. A porta de entrada, antes de tamanho padrão, foi substituída por uma mais larga a partir do aumento do vão. Além disso, uma nova porta pivotante feita sob medida pela marcenaria foi executada.

 (Julia Ribeiro/Casa.com.br)

“O lavabo possuía uma parede arredondada, a única do apartamento, não fazendo muito sentido mantê-la assim. Quebramos esta parede e deixamos um canto reto, assim também conseguimos executar uma bancada melhor dentro do ambiente”, conta a arquiteta.

Na varanda, além das poltronas que criam um ambiente confortável com plantas e mesas de apoio, uma mesa de diâmetro 1,30 m em pedra branca (pigues, do Studio Massa) ganha destaque

Na varanda, além das poltronas que criam um ambiente confortável com plantas e mesas de apoio, uma mesa de diâmetro 1,30 m em pedra branca (pigues, do Studio Massa) ganha destaque (Julia Ribeiro/Casa.com.br)

Os revestimentos também foram trocados. Assim, o antigo piso em pedra foi substituído pelo cimento queimado, desde o hall de entrada (piso e paredes), à circulação e ao lavabo (piso e paredes). O piso da varanda também foi substituído por um porcelanato cinza, assim como a copa e cozinha.

Veja também

O principal desafio do projeto, segundo Ana, foi criar um ambiente em que a família pudesse aproveitar juntos vários momentos – assistindo filmes, jantando ou utilizando a área da varanda.

Por isso, a televisão foi posicionada na parede lateral, permitindo que a sala formasse um único ambiente sem divisões. No mais, as esquadrias que dividem a sala da varanda não foram retiradas a fim de se ter um melhor isolamento acústico e também para amenizar o cheiro com o uso da churrasqueira, já que os proprietários gostam de receber amigos e a família.

Apesar desta separação, a integração visual permanece devido ao uso de cores e revestimentos que se repetem. Por exemplo, o hall de entrada revestido por cimento queimado – destaque do projeto – reflete a porta do elevador, pintado na mesma tonalidade.

No jantar, a prateleira de apoio suspensa foi feita em pau-ferro, que combinou muito bem com o baú antigo (que pertencia a avó paterna da moradora)

No jantar, a prateleira de apoio suspensa foi feita em pau-ferro, que combinou muito bem com o baú antigo (que pertencia a avó paterna da moradora) (Julia Ribeiro/Casa.com.br)

O cimento se estende pelo corredor e lavabo e encontra o piso de madeira cumaru fica alinhado na sala, trazendo aconchego para o ambiente. Além disso, o revestimento da parede da churrasqueira também foi utilizado na marcenaria da copa e na parte de cima do móvel de apoio.

 (Julia Ribeiro/Casa.com.br)

As tonalidades de mostarda, azul e vermelho nos acessórios da sala de estar e jantar também se encontram tanto na varanda quanto na copa. Além do cinza, bege e preto presentes nos mobiliários e piso e bancada.

Com uma base clara e alguns objetos coloridos que alegram os ambientes sem deixá-los cansativos, o projeto se resolve de maneira simples e é cercado por boas lembranças.

Confira a galeria abaixo para ver mais fotos e detalhes:

Comentários

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.