Casa Created with Sketch.

10 interiores com escorregadores para despertar a criança interior

O elemento lúdico pode ser uma adição divertida ao seu projeto. Confira algumas inspirações:

 (Reprodução/Dezeen)

Nos últimos anos, tem se visto nos projetos de arquitetura empresarial uma tendência de incluir elementos lúdicos que sirvam como espaços de descompressão para que os funcionários relaxem, interajam e, quando voltarem ao trabalho, estejam mais produtivos.

Algumas megaempresas, como Google, Facebook e LinkedIn, já adotaram a estratégia em seus prédios. Eles contam jogos, videogames, televisão e até tobogãs e escorregadores.

Escorregador no prédio da Google em São Francisco

Escorregador no prédio da Google em São Francisco (Business Insider/Reprodução)

Embora estes últimos possam estar associados principalmente a espaços públicos, como playgrounds, alguns projetos, como das empresas citadas, mostram como eles podem ser uma adição divertida para escritórios e residências. E o melhor de tudo é que o resultado não fica necessariamente infantil. Confira abaixo 10 interiores com escorregadores para despertar a criança interior:

1. GG Apartmeny, por KI Design Studio (Ucrânia)

 

 (Reprodução/Dezeen)

O escorregador ondulante que liga os dois andares deste apartamento ucraniano foi adicionado para tornar mais divertido estar em casa. O escorregador, que funciona como alternativa à escada existente, desce do piso superior pela cozinha e desce para a sala de estar.

2. MR Design Office, por Schemata Architects (Japão)

 

 (Reprodução/Dezeen)

O estúdio japonês Schemata Architects escondeu um escorregador atrás de uma parede espelhada neste escritório em Tóquio, criando um detalhe de design que certamente surpreenderá os visitantes, já que apenas o ponto final do elemento é visível.

Para usar o escorregador, os funcionários do escritório sobem uma escada até o topo de um banheiro e área de armazenamento, onde podem entrar no túnel escondido.

3. Townhouse B14, por XTH-Berlin (Alemanha)

 

 (Reprodução/Dezeen)

Uma versão mais discreta do conceito pode ser vista nesta casa em Berlim, que apresenta pisos inclinados de pinho que funcionam como escorregadores. Eles conectam as áreas de dormir com paredes de concreto da casa a uma plataforma que abriga um piano.

Veja também

4. Walker House, por Reflect Architecture (Canadá)

 

 (Reprodução/Dezeen)

A Walker House, no Canadá, apresenta um escorregador azul claro no centro, que conecta o porão ao térreo. A Reflect Architecture projetou o elemento para animar o nível inferior para que “não parecesse um porão” e para ajudar a trazer luz natural através da grande abertura.

5. Ekimetrics Office, por Estelle Vincent (França)

 

 (Reprodução/Dezeen)

Um trio de espaços de reunião de madeira quadrada foi inserido neste bloco de escritórios parisiense pela arquiteta Estelle Vincent, que adicionou um escorregador azul claro a um deles. Ele leva de uma gávea superior, que tem uma pequena área de reunião, até as mesas principais.

6. Narrow MaHouse, por The Very Many (França)

 

 (Reprodução/Dezeen)

As crianças desta casa em Estrasburgo, na França, podem aproveitar o estreito escorregador embutido que fica ao lado da escada que liga o térreo da casa ao primeiro andar.

“Um conjunto de escadas acoplado a um escorregador é um exemplo de como a função segue a informalidade”, disseram os arquitetos The Very Many. “O comprimento extra dos degraus, os graus de cada inclinação, os oblíquos no plano e na elevação agem como pequenas anomalias para introduzir o experiencial na vida diária”.

7. Family Playground, por HAO Design (Taiwan)

 

 (Reprodução/Dezeen)

Esta casa de família em Taiwan oferece uma área recreativa dedicada em sua cozinha para que as crianças possam se divertir com os pais enquanto cozinham.

Como parte do projeto da área, os arquitetos HAO Design projetaram um escorregador que pode ser acessado por um lance de escadas. Eles também funcionam como uma estante de livros e apresentam um canto de leitura aconchegante e acolchoado.

8. Panorama House, por Moon Hoon (Coreia do Sul)

 

 (Reprodução/Dezeen)

O estúdio Moon Hoon de Seul projetou um escorregador de madeira encaixado em uma escada e estante combinadas para a Panorama House, uma casa de três andares de uma família com quatro filhos. O escorregador permite que crianças e adultos se movam rapidamente da área de estar para a área de estudo e biblioteca no andar de baixo.

9. Skyhouse, por David Hotson and Ghislaine Vinas (Estados Unidos)

 

 (Reprodução/Dezeen)

Dentro deste apartamento de cobertura em Nova York, um escorregador tubular de aço despenca através de quatro andares. Começando em um sótão na parte superior do apartamento, ele faz uma breve parada no andar seguinte. Aqui, os residentes podem descer ou voltar para dentro para deslizar por mais três andares.

10. Lego PMD, por Rosan Bosch and Rune Fjord (Dinamarca)

 

 (Reprodução/Dezeen)

A marca de brinquedos dinamarquesa Lego adicionou um design adequado ao seu escritório de plano aberto em Billund: um escorregador extravagante de metal. Os funcionários da empresa podem usá-lo para descer rapidamente de uma passarela central que conecta os níveis superiores da área de trabalho de plano aberto.

*Via Dezeen

Comentários

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.