Casa Created with Sketch.

O pavilhão da Coreia na expo Dubai muda de cor!

Moon Hoon apresenta pavilhão com mudança de cor da Coreia na Expo 2020 Dubai

 (Reprodução/Designboom)

Arquitetos Moon Hoon e Mooyuki apresentam o pavilhão da república da Coreia ao distrito de mobilidade da Expo 2020 Dubai. Dinâmica e vibrante, a estrutura semelhante a um estádio é definida ao mesmo tempo por sua fachada escalonada e pixelizada que se transforma com ondas de cor.

O efeito ondulante reflete o espírito da paisagem coreana, ecoando o sol do deserto conforme ele nasce e se reflete nas gotas de orvalho espalhadas pelas flores. esta imagem natural e bucólica se funde com visões de progresso e avanços tecnológicos que definem o distrito de mobilidade da Expo.

 (Reprodução/Designboom)

Junto com arquitetos, a equipe desenvolveu o pavilhão da república da Coreia na Expo 2020 Dubai para exibir o conceito de mobilidade em termos contemporâneos e futuros.

Veja também

Os cubos giratórios entrando nos campos de visão tornam-se uma expressão da mobilidade coreana e da energia de seu povo. A fachada compreende 1.597 desses cubos, representando padrões abstratos.

 (Reprodução/Designboom)

O cubo giratório tem uma face digital e três faces de cores analógicas. Com esse detalhe, o trabalho é ao mesmo tempo digital e analógico – ou ‘digi_logue’ – na tentativa de trazer um pouco de frescor à mídia digital contemporânea que a equipe afirma ter ficado saturada e cansada.

A fachada de cubos giratórios representa uma instalação digi_logue, que pode ser experimentada dentro e fora do edifício. A própria fachada do cubo giratório é a exibição.

 (Reprodução/Designboom)

Como um zigurate, como a torre de babel, como DNA e espirais de galáxias, as quatro rampas entram e saem do prédio. Eles sobem e descem com gradientes flutuantes, como se a lógica tivesse sido atingida por um impulso acidental e irracional.

 (Reprodução/Designboom)

O limite do pavilhão da Coréia é borrado ou interrompido pela entrada e saída dessas rampas. A experiência espacial interior e exterior torna-se contínua.

 (Reprodução/Designboom)

As rampas sinuosas e onduladas fornecem muitos pontos de vista em diferentes níveis e posições, sugerindo uma experiência panorâmica de toda a estrutura. Enquanto isso, os visitantes se deparam com a realidade aumentada, permitindo-lhes sobrepor imagens digitais à realidade existente. A noção de miragem no deserto e milagres são sutilmente implícitas nessas intervenções.

*Via Designboom

Comentários

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.