Residencial em Curitiba recebe certificação de condomínio sustentável

Projeto do Studio Arthur Casas e AG7 Realty oferece economia de energia, conforto e espaços mais saudáveis

Por Giuliana Capello Atualizado em 25 Maio 2022, 20h18 - Publicado em 26 Maio 2022, 19h00
Foto mostra fachada de condomínio vertical com duas torres que têm varandas cheias de plantas e jardins.
Eduardo Macarios/Divulgação

Recentemente, a cidade de Curitiba ganhou um prédio residencial com nota máxima em sustentabilidade. Trata-se do Edifício Ícaro Jardins da Graciosa, empreendimento da AG7 Realty projetado pelo Studio Arthur Casas.

Foto mostra, de baixo para cima, alguns pavimentos de prédio com floreiras cheias de plantas, com céu azul ao fundo.

O projeto obteve a certificação Green Building Council Condomínio nível Ouro. Entre os destaques está a grande economia de energia e a criação de ambientes muito confortáveis e que promovem saúde e bem-estar.

Foto mostra fachada de edifício residencial com abundância de plantas e floreiras nas varandas dos apartamentos.
Eduardo Macarios/Divulgação
Continua após a publicidade

Ainda durante a obra foram instalados painéis fotovoltaicos para geração de energia na cobertura das três torres. Além disso, vidros eficientes e equipamentos de ar-condicionado com controle individual somam-se a paredes de concreto moldados com colchão de ar para promover conforto térmico.

Foto mostra varandas de apartamentos com floreiras com vegetação abundante e jardins no condomínio.
Eduardo Macarios/Divulgação

Outro bom exemplo são as mantas acústicas no contrapiso e as esquadrias com alto índice de redução sonora garantem conforto acústico. Do mesmo modo, as grandes aberturas valorizam a iluminação natural.

Foto mostra detalhe de fachada de apartamento com muitas plantas na varanda, janelas de vidro amplas e revestimento em concreto,
Eduardo Macarios/Divulgação

Finalmente, a integração entre arquitetura e paisagismo (assinado por Renata Tilli) colocou o verde no centro das atenções. Como? Com as floreiras que se espalham verticalmente pelos andares marcam a identidade do conjunto e ajudam a filtrar a visão dos apartamentos, mantendo a privacidade dos moradores.

Continua após a publicidade

Publicidade