Reforma: 5 motivos para investir em um projeto arquitetônico

Previsibilidade da obra, redução de custos e menos desperdícios estão entre os benefícios

Por Giuliana Capello Atualizado em 18 abr 2022, 19h20 - Publicado em 19 abr 2022, 13h00
Dois trabalhadores da construção civil em contraluz próximos a uma janela. Um observa a parede e o outro usa uma máquina na esquadria da janela.
Guilherme Cunha/Unsplash

Decidir encarar uma reforma em casa é algo que, por si só, remete a algum tipo de aventura ou, no mínimo, disposição para encarar desafios, imprevistos e, em muitos casos, correções de rota. Exatamente por isso é que investir em um projeto arquitetônico é tão importante – e pode fazer a diferença no custo da obra.

Com a escalada de preços dos materiais, serviços e mão de obra, resultado do cenário atual de inflação e juros elevados, todo cuidado é necessário para não sair do orçamento. Assim, planejamento é palavra-chave. “Além do preço elevado, tivemos de lidar com a falta de material e prorrogação dos prazos de entrega”, diz Danilo Duarte, CEO da Conecta Reforma.

Arquiteto desenhando planta baixa
Ryan Ancill/Unsplash

Diante disso, contar com um arquiteto para a elaboração de um projeto eficiente, que traduza as reais expectativas do cliente e consiga se manter dentro da faixa de investimento desejada é fundamental.

Mas os benefícios não se restringem ao orçamento da obra. O projeto arquitetônico detalha e especifica todas as etapas de uma obra. Assim, ele funciona como um seguro contra imprevistos. “Além disso, define a melhor forma de distribuir os espaços corretamente, a ventilação, a escolha dos materiais adequados para cada ambiente e ainda pensa nas instalações elétricas e hidráulicas, para que sejam executadas de acordo com as normas de segurança”, diz Duarte.

Mãos desenhado projeto sobre mesa
Daniel McCullough/Unsplash

Por fim, o projeto arquitetônico gera economia ao ser realizado no tempo previsto e com menos surpresas no caminho. Com isso, o resultado é uma reforma mais sustentável, com pouco desperdício de materiais, menos geração de resíduos e menos retrabalhos também. Quer mais vantagens? Confira a seguir 5 benefícios do projeto arquitetônico:

1. Visualização do resultado da reforma antes do início da obra

Sala de estar com varanda integrada, vista para o mar, tons neutros
Projeto do escritório Maia Romeiro Juliano Colodeti, do MCA Estúdio | Produção Visual: Simone Raitzik/Casa.com.br
Continua após a publicidade

O arquiteto é o profissional acostumado a transformar o que os clientes imaginam em realidade. E isso não se limita à beleza. É preciso que o projeto seja também funcional e que tenha coerência e consistência técnica. Por tudo isso, visualizar antes permite ao cliente verificar se seu desejo de fato é viável e se o resultado “bate” com o que ele esperava.

2. Redução de gastos

Detalhe da sala de estar com sofá branco e parede vida e mesa lateral com duas peças de tampo redondo
Projeto de Carol Zamboni Arquitetos Giovanna Gonçalves/Casa.com.br

Um projeto arquitetônico bem elaborado minimiza erros e planeja os gastos da obra, definindo a quantidade necessária de materiais, dentro de uma margem mais exata, evitando falta ou desperdícios. Além disso, o profissional de arquitetura também auxilia na escolha das marcas e materiais que vão proporcionar o melhor custo-benefício a longo prazo.

3. Mais conforto e estética bem resolvida

Sala de estar com décor neutro e estilo industrial, pontronas e estantes
Projeto assinado pela Pixel Arquitetura Gisele Rampazzo/Casa.com.br

Um imóvel com um bom projeto arquitetônico é confortável, pois possui ambientes e acessos descomplicados, com usabilidade e funcionalidade garantidas. Além isso, o arquiteto é capacitado ainda para saber combinar tudo de forma harmônica, de modo que se crie um ambiente aconchegante e bonito, dentro do orçamento.

4. Bom planejamento e cumprimento de prazos

Um ponto bem importante quando se fala de reforma é o cronograma de obras. Com o auxílio do projeto arquitetônico, a empresa que fará a gestão e execução de sua obra conseguirá elaborar um cronograma com datas mais assertivas.

5. Menos erros e retrabalhos

Homem com capacete de obra e óculos mexendo em uma tomada perto da parede.
Michal Jarmoluk / Pixabay/Divulgação

Como vimos, o projeto arquitetônico mapeia todos os passos a serem realizados na obra. Dessa forma, ele permite diminuir possíveis erros como, por exemplo, um número de tomadas insuficientes. Outro ponto importante do projeto é prever o uso adequado da luz, sem excesso ou carência de luminosidade, além de definir de maneira mais adequada o uso de luzes frias e quentes.

Continua após a publicidade

Publicidade