Casa Created with Sketch.

Quero contratar um escritório de arquitetura. O que preciso saber?

A arquiteta e consultora para arquitetos explica pontos que vão te ajudar nesse processo

Olá! Eu sou a Luciana Mallet, arquiteta e consultora para arquitetos, e vou dividir com vocês, quinzenalmente, no blog Como A Gente Mora, tópicos, dores e delícias, do mundo da arquitetura e do empreendedorismo do segmento. Para esta estreia, um assunto que ronda o imaginário de todos nós: o que preciso saber ao contratar um arquiteto?

Como contratar um arquiteto

 

Mãos de pessoa desenhando em projeto sobre mesa de madeira

 (Daniel McCullough/Unsplash)

Diariamente, nas consultorias com os meus clientes arquitetos – além de ter algumas lembranças pessoais, – vejo o quanto muitos clientes que irão contratar um projeto não estão preparados para esse momento. Se você vai contratar um arquiteto, uma coisa é certa: você tem uma obra pela frente.

Pode ser uma construção ou uma pequena reforma, mas o projeto é o pontapé inicial desse processo, algo que guiará todas as decisões futuras que envolvem, entre sonhos e expectativas, muito tempo e dinheiro. Entender o que vem pela frente é fundamental nesta decisão.

Veja também

Leva tempo pensar, propor e executar um projeto. Sem ele, além de irregular, até é possível fazer uma obra, mas se prepare, pois a chance de dar errado é grande. Isso porque obra sem projeto – ou com ele em andamento – leva mais tempo e custa mais.

Cliente: se você precisa de um projeto “para ontem”, você errou na data de procurar o profissional. Arquiteto: seja firme com seus prazos e processos. Você, arquiteto, sabe a complexidade que envolve projetar, seu cliente não. Cabe a você explicar o que está compreendido naqueles desenhos e planilhas, quantas vezes for necessário. E lembre-se: você não faz milagre, não prometa algo que não vai conseguir cumprir depois.

Dúvida frequente: o que é projeto e o que é execução / acompanhamento de obra?

 

Cofre de porquinho rosa com moeda sendo colocada

 (Damir Spanic/Unsplash)

Existem escopos diferentes de contratação em cada fase. O arquiteto pode ser contratado para fazer apenas o projeto, mas também pode ser contratado para acompanhar/vistoriar a execução da obra. Neste caso, o custo aumenta, pois o profissional irá se certificar que tudo está sendo executados conforme o plano, prazo ou por todas as decisões de obra.

Cliente, entenda qual a sua real necessidade e o que vai te atender. Se você não contratar o acompanhamento ou gerenciamento, não procure seu arquiteto como se o tivesse. Arquiteto, se você não vende o acompanhamento de obra, mas também não dorme pensando nos problemas de obra, jamais venda projeto sem vender este serviço. Logo, minha sugestão é que na proposta você, arquiteto, não deixe dúvidas sobre o seu papel na obra.

Veja a coluna completa no blog Como A Gente Mora

Comentários

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.