Piso vinílico: em mantas, réguas ou placas? Saiba como escolher

Conheça as vantagens de cada formato e como aplicá-los na sua casa

Por Giuliana Capello Atualizado em 29 mar 2022, 14h31 - Publicado em 30 mar 2022, 19h00
Imagem mostra sala de estar e jantar com piso vinílico em padrão que imita pedra natural. Mesa de jantar com dois pendentes, pé-direito duplo e grandes aberturas de vidro.
Tarkett/Divulgação

O que é piso vinílico

Versátil, o piso vinílico vem ganhando cada vez mais espaço em projetos residenciais, por oferecer uma gama de possibilidades de aplicações. Isso ocorre graças à variedade de formatos que os fabricantes dispõem no mercado, com benefícios que vão desde agilidade na instalação e fácil manutenção até mais conforto térmico e acústico.

De modo geral, todos os pisos vinílicos são feitos de PVC misturado a outros ingredientes, como cargas minerais, plastificantes, pigmentos e aditivos. Por isso, cada um tem suas particularidades. Em uma reforma, por exemplo, os três formatos podem ser instalados sobre pisos existentes, desde que o contrapiso esteja bem nivelado e nas condições necessárias à aplicação.

Em relação ao formato, os pisos vinílicos podem ser modulares (réguas e placas) ou monolíticos (mantas). A seguir, a marca Tarkett explica as diferenças entre eles.

Piso vinílico em réguas

quarto de casal com cama, duas mesas de cabeceira com abajures, parede verde com desenhos geométricos e piso vinílico em padrão amadeirado.
Tarkett/Divulgação

Este é o formato mais tradicional de piso vinílico. Basicamente, a proposta é reproduzir a estética das tábuas retangulares de madeira natural. Por isso, fabricantes costumam oferecer o produto em padrões amadeirados. As réguas são modulares, de fácil aplicação.

Escolha segura em qualquer projeto, elas conferem um visual aconchegante e acolhedor. Um diferencial é a possibilidade de paginações divertidas, como a clássica Chevron ou espinha de peixe. E mais: com criatividade, também é possível aplicá-las nas paredes e no teto.

Veja também

Piso vinílico em placas

área de estar de um restaurante com piso vinílico em placas de tom claro, cadeiras pretas e revestimentos brilhantes nas paredes.
Tarkett/Divulgação
Continua após a publicidade

Quando a ideia é diversificar o padrão e obter um visual mais moderno e colorido, entram em cena as placas vinílicas. Nesse formato modular, a opção é ideal também para pisos elevados, que necessitam de placas autoportantes.

As formas geométricas, os padrões e as cores das placas possibilitam inúmeras paginações, tanto na versão colada quanto na versão clicada.

Piso vinílico em mantas

Quarto de casal com piso amadeirado, cama na lateral da janela grande, com parede em tom roxo e roupa de cama em cores bem claras.
Tarkett/Divulgação

Distribuído em rolos, o piso vinílico em manta proporciona uma aplicação mais uniforme em termos visuais, com um resultado sem juntas, já que elas são seladas durante a instalação.

Quarto infantil com piso vinílico em quadrados coloridos, cama e estante baixa, brinquedos e objetos decorativos.

Dessa forma, essa característica também torna a manta ideal para ambientes que pedem mais atenção à limpeza e à resistência. Sem juntas, elas acumulam menos sujeira e suportam mais tráfego. Outra vantagem é o desempenho acústico que oferecem, graças ao selamento das juntas.

Já em quartos e outros ambientes infantis, a manta vinílica traz ainda outros benefícios: ajuda no conforto térmico, colabora com a qualidade do ar interno e é antialérgica.

Continua após a publicidade

Publicidade