Pontos de ônibus ganham vegetação para atrair abelhas na Inglaterra

Ao espalhar flores silvestres e plantas, cidade de Leicester cria microambientes de polinização.

Por CicloVivo Atualizado em 26 jul 2021, 21h15 - Publicado em 27 jul 2021, 13h00
Ponto de ônibus com cobertura verde ao lado de ciclovia
Cities Today/Reprodução

Muitas espécies de abelhas estão desaparecendo em todo o mundo e o uso indiscriminado de agrotóxicos está no topo da lista de razões que explicam essa tragédia. Se é preciso mudar a forma de se produzir no campo, também é verdade que as áreas urbanas podem contribuir para criar espaços mais amigáveis a este inseto que é tão importante para a produção de alimentos.

Detalhe do canto da cobertura de ponto de ônibus com pequenas plantas.
Ciclo Vivo/Reprodução

Uma iniciativa interessante neste sentido será testada em Leicester, na Inglaterra, que está espalhando coberturas verdes em seus pontos de ônibus.

Cobertura verde em ponto de ônibus
Reprodução/ArchDaily

O projeto, batizado de “Bee Bus Stops”, consiste em instalar uma mistura de flores silvestres e plantas do gênero sedum, uma das favoritas entre os insetos polinizadores. A princípio, 30 paradas de ônibus ganharão o teto verde.

Continua após a publicidade

Veja também

Dois pontos de ônibus com coberturas verdes, um de cada lado de rua
Intelligent Living/Reprodução

Além de abelhas, outros polinizadores serão beneficiados com a iniciativa na cidade. Os insetos prestam um serviço ecossistêmico essencial para a biodiversidade. As mariposas são vitais para a polinização noturna, por exemplo, apesar de suas funções serem pouco conhecidas e reconhecidas.

Detalhe das pequenas plantas, gramíneas e pequenas flores amarelas em cobertura de ponto de ônibus
Intelligent Living/Reprodução

Absorver água da chuva, ajudar a reduzir o efeito da ilha de calor urbana, capturar partículas poluentes do ar são outros benefícios apontados pela empresa Clear Channel UK, responsável por executar o projeto. Além é claro de embelezar a cidade tornando-a mais verde e colorida. Iniciativa semelhante foi implementada na cidade holandesa Utrecht.

Veja a matéria completa e mais conteúdos como este no site do Ciclo Vivo!

Continua após a publicidade

Publicidade