Casa Created with Sketch.

Casas da CDHU tem conta de luz reduzida em 70% com placas solares

Com a tecnologia, moradores gastam menos, mesmo se o consumo aumentar por passarem mais tempo em casa devido à quarentena

 (Reprodução/CicloVivo)

As placas fotovoltaicas implantadas nos conjuntos habitacionais de casas da Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano (CDHU) contribuem para a economia de energia elétrica e permitem aos moradores gastarem menos com a conta de luz, mesmo diante do aumento da frequência dentro de casa, em virtude da pandemia de Coronavírus.

Estudos sobre o perfil do consumo de energia elétrica entre os moradores das casas construídas pela CDHU revelaram o consumo médio de 140 kWh por mês. As placas fotovoltaicas instaladas nas unidades habitacionais têm capacidade de gerar, em média, mensalmente, 80kWh. A economia é potencializada com lâmpadas LED, que são instaladas antes da entrega das moradias e proporcionam uma diminuição de 10kWh no consumo. Dessa forma, chega-se a um consumo médio de 50 kWh por mês.

 (Reprodução/CicloVivo)

“Os moradores ficam dentro da faixa de cobrança mínima de tarifa de energia elétrica, que corresponde a 50 kw/h mês. Isso muda o dia a dia e reflete na economia financeira do proprietário. Mesmo que haja um pequeno aumento do consumo, ainda assim a economia é significativa”, explica Sílvio Vasconcellos, superintendente técnico administrativo da CDHU. Levando-se em consideração a tarifa média cobrada pela CPFL, a concessionária que atende a maioria dos empreendimentos da CDHU, uma conta de 140 kW/h por mês, que corresponde a R$ 92,01, cai para R$ 27,47 se a média de 50 Kw/h por mês for atingida. Ou seja, a economia chega até 70%.

Quer saber mais? Então clique aqui e confira a matéria completa do CicloVivo!

Comentários

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.