Chama o Vizinho: o app que apoia e fortalece os negócios locais

Iniciativa faz com que pessoas não circulem pela cidade para encontrar produtos e serviços e ajuda empreendedores e profissionais autônomos

Por CicloVivo 10 abr 2020, 10h00
Reprodução/CicloVivo

Empreender não é fácil. Quem tem um negócio próprio ou conhece pessoas que sejam empreendedoras sabe o quanto é difícil competir com grandes empresas, superar problemas financeiros e assumir, não só o trabalho em si, mas também todas as burocracias, obrigações legais e riscos.

O bom desta história toda é que, muitas vezes, quem começa o seu próprio negócio normalmente é motivado por um trabalho que escolheu e que gosta, o que faz com que as chances de serem bons nesta atividade sejam maiores.

Além disso, negócios menores podem aumentar a proximidade entre quem faz alguma coisa e quem consome – o consumidor têm mais chances de fiscalizar e até dar dicas para o seu produto e serviço.

Em um momento em que todos falam em favorecer negócios locais, é importante ressaltar que estes empreendedores são os que estão mais vulneráveis a crises e turbulências. A padaria de esquina tem muito menos poder de negociação que uma grande rede de supermercados, por exemplo.

Chama o vizinho!

Pensando em ajudar os empreendedores do seu bairro e ajudar os vizinhos que procuravam serviços e produtos nas redondezas que a designer Mariana Ramalho criou o aplicativo Chama o Vizinho!.

Continua após a publicidade

“Eu costumava me perguntar se aquele produto, ou serviço, que eu procurava, não estava disponível mais perto mim. Estava buscando uma alternativa para evitar pegar trânsito, ônibus lotado, gastar dinheiro… Comecei a pesquisar se o mesmo serviço ou produto não podia ser encontrado no meu bairro”, explica Mariana.

Quer saber mais sobre a iniciativa? Clique aqui e veja a matéria completa do CicloVivo!

Continua após a publicidade

Publicidade