Você sabe como limpar suas plantinhas?

Conheça alguns métodos confiáveis para deixar as folhagens brilhando

Por Redação Atualizado em 9 fev 2022, 16h45 - Publicado em 11 fev 2022, 19h00
Sanja Kostic/TreeHugger

Os pais de plantas sabem que não demora muito para que a poeira se acumule nas mudas internas. E quando um ventilador ou ar condicionado é ligado ou uma janela se abre, é inevitável aparecer uma mancha de terra nas folhas inferiores.

Embora possa ser uma tarefa tediosa, é importante que você limpe os resíduos das suas espécies regularmente. Uma camada de poeira nas folhas bloqueará a luz solar e reduzirá a capacidade de fotossíntese, que é como a planta se alimenta.

Uma muda limpa que fotossintetiza em níveis ideais será mais saudável e resistente a doenças e infestações de pragas. Portanto, higienizar periodicamente seus ramos domésticos, na verdade, dá menos trabalho para você a longo prazo – e melhora tanto o seu desenvolvimento quanto o ambiente interno.

Quando limpar

 

13-plantas-resistentes-ao-sol-the-spruce-adrienne-legault
Adrienne Legault/the spruce

A frequência com que você limpa as folhas das plantas internas realmente depende da quantidade de poeira no ar. Se você mora em áreas com estradas de terra, construção em andamento, terrenos baldios e muito vento terá que fazer isso regularmente. Para saber o momento certo, esfregue os dedos nas folhas: se você pode sentir ou ver muita poeira, está na hora da faxina.

O que você precisará

 

  • Garrafa de spray
  • Balde
  • Pano úmido
  • Espanador
  • Escova dura (para limpar os vasos)
  • Escova macia
  • Papel filme
  • Detergente
  • Água sanitária

Instruções

 

Anastasiia Tretiak/the spruce

Com um bico de pulverização

O método mais fácil para limpar plantas médias a grandes é movê-las para a pia da cozinha ou para o chuveiro e lavá-las com um bico pulverizador. Mantenha a pressão da água baixa e teste antes para se certificar de que está morna, porque a água quente ou fria pode ferir as folhas da muda. Dê apoio às folhas ou caules durante o processo.

Com um frasco de spray

 

Para as espécies que não conseguem lidar com a força de um bico de pulverização, um borrifador é uma ótima solução. Suculentas, cactos e bonsais estão entre as que são mais bem limpas utilizando este material.

Mergulhe na água

 

Continua após a publicidade

Pequenas plantas podem ser limpas segurando a sua base no nível do solo, invertendo-a em um balde de água e agitando as folhas sob a água. Regar o solo com antecedência ajudará a evitar que ele caia quando o vaso for virado.

Veja também

Você também pode enrolar um filme plástico ao redor da base para deixar o procedimento mais seguro. Novamente, certifique-se de usar água morna. Deixe os ramos secarem antes de movê-los de volta para a sua posição original.

Atenção: Se a sua muda estiver muito suja, você pode borrifa-la com uma mistura de água e sabão e depois molhá-las ou mergulhá-las em uma pia cheia de água. Use cerca de 1/4 colher de sopa de detergente para 1 litro de água. As que não aguentam ser lavadas na pia podem ser borrifadas com água limpa e morna para lavar o sabão.

Com um pano

 

Para as que são grandes demais para serem movidas, você pode simplesmente higienizar sua folhagem com um pano úmido. Este método também funciona bem com plantas que têm apenas algumas folhas, como espada-de-são-jorge ou bananeiras.

Você não precisa repetir isso sempre, você pode ajudar a evitar que a poeira se acumule usando um espanador macio sobre elas sempre que tirar o pó de seus móveis ou pisos.

Use uma escova macia

 

Para as folhas pegajosas ou felpudas as coisas são um pouco diferentes. E no caso de espécies como as violetas africanas, que não gostam de sua folhagem molhada, nenhum dos tipos já citados é a resposta. Use uma escova macia, como uma escova de limpeza de madeira, para tirar muito suavemente a poeira das folhas.

Dicas para manter seus vasos sempre arrumados

 

Inclua na faxina a remoção das folhas mortas, marrons ou amareladas. Se soltar facilmente, faça isso com as mãos, ou use uma tesoura. Nunca puxe partes resistentes e firmemente presas. Pode apenas as pontas amarelas das plantas que ficaram muito secas. Siga o contorno natural das superfícies para um visual mais natural.

Por que não garantir que os vasos também tenham uma boa aparência? Se sal ou minerais formarem uma camada branca na parte externa ou na borda de um vaso, remova o ramo e lave bem o recipiente. Aplique uma solução de 1 parte de água sanitária diluída para 10 partes de água.

Esfregue o resíduo de sal com uma escova dura e deixe ele bem limpo antes de replantar a planta. Evite o acúmulo futuro lavando periodicamente o solo com água e deixando-o drenar completamente.

*Via The Spruce

Continua após a publicidade

Publicidade