Comida de baladinha: designers criam sushis que brilham no escuro

O estúdio de design Bompas & Parr utilizou luz negra para criar um cardápio de sushis e drinks que brilham no escuro com cores neon

Por Redação Atualizado em 2 fev 2022, 16h34 - Publicado em 3 fev 2022, 19h00
mesa com prato de sushis e camarões empanados com cores neon. drinks ao lado
Reprodução Bompas & Parr/Dezeen

Não se assuste, isso não é sushi radioativo! O estúdio de design Bompas & Parr criou um bar pop-up que serve sushi e coquetéis que brilham no escuro em Abu Dhabi.  Ao combinar luz ultravioleta com ingredientes bioluminescentes, os designers conseguiram criar pratos com cores neon vibrantes. O menu incluía niguiri rosa fluorescente e maki em tons de azul elétrico e verde neon.

niguiri rosa neon com peixe lilás
Reprodução Bompas & Parr/Dezeen

O efeito colorido é criado usando luz negra, um tipo de luz UV que emite radiação ultravioleta, a mesa que faz certas tintas e acessórios brilharem nas baladinhas. Segundo Bompas & Parr, cerca de 15% de todos os minerais são capazes de emitir cores vivas quando submetidos a essa luz.

prato com sushis e niguiris. hashi preto ao lado
Reprodução Bompas & Parr/Dezeen

“A luz negra emite radiação ultravioleta, que excita os átomos e faz com que eles liberem luz fluorescente”, disse Rian Coulter, gerente sênior de contas da Bompas & Parr.

Veja também

uramaki lilás com recheio amarelo
Reprodução Bompas & Parr/Dezeen
Continua após a publicidade

“Ele só funciona com alimentos específicos e/ou vitamina B2“, disse ele a Dezeen. “Exemplos incluem água tônica, banana, pimenta e mel.” Outros ingredientes alimentares com luminescência natural incluem peixe, cogumelos e shiso, um tipo de folha de salada.

niguiri rosa com peixe lilás sendo pego com hashi
Reprodução Bompas & Parr/Dezeen

A Bompas & Parr desenvolveu seu cardápio usando o máximo possível desses ingredientes reativos à luz, depois usou extratos de alimentos e pigmentos para criar cores mais chamativas. “Agora, mais do que nunca, estamos prontos para brilhar!” disse o cofundador do estúdio Harry Parr.

*Via Dezeen

 

 

Continua após a publicidade

Publicidade