Casa Created with Sketch.

Cultive seus próprios cogumelos com este jardim

Feito com argila, facilita e estimula o crescimento de cogumelos

 (klil etrog/Designboom)

A designer industrial Klil etrog apresenta ‘GAARA’ um ecossistema caseiro para o cultivo de cogumelos comestíveis. O projeto assume a forma de um kit doméstico semelhante a um vaso que requer poucas adaptações e ferramentas para cultivar cogumelos em casa.

 (klil etrog/Designboom)

O material escolhido para o vaso foi a argila por ter propriedades que contribuem para condições de cultivo, por exemplo, aumentar a umidade e baixar a temperatura. A argila pode ser usada para fazer a água escorrer para dentro da vasilha e preservar o ambiente ideal para os cogumelos.

Veja também

 (klil etrog/Designboom)

A designer teve a ideia de criar um canal no topo da estrutura que pode derramar a água, gotejar e ser anexado ao vaso. Os cogumelos precisam de ar e luz indireta e, por isso, o recipiente foi deixado perto de uma janela.

 (klil etrog/Designboom)

Ela criou um conjunto de recipientes que podem ser empilhados um em cima do outro formando um totem. Em cada um dos vasos, é colocada uma cápsula de micélio (parte vegetativa do cogumelo) que se ajusta ao volume do vaso.

 (klil etrog/Designboom)

A cápsula de micélio é inserida dentro de um saco plástico, enquanto no vaso, do lado de fora, existem buraquinhos. Em seguida, o usuário deve perfurar a cápsula de micélio, despejar água no canal e borrifar água diretamente nos furos algumas vezes por dia para estimular o surgimento do cogumelo. Neste ponto o vaso fica úmido e o processo começa a funcionar.

 (klil etrog/Designboom)

A cápsula de micélio pode ser usada por três ciclos de aproximadamente dois meses, depois disso, os usuários precisam repor a cápsula e usá-la como fertilizante para o solo. Depois é só lavar e recomeçar o processo.

*Via Designboom

Comentários

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.