Piscina e mar se fundem em cobertura de Florianópolis

O projeto do arquiteto Gabriel Bordin teve a área externa como ponto alto, e se transformou em um lugar de refúgio para o morador

Por Yara Guerra Atualizado em 17 fev 2020, 15h57 - Publicado em 7 ago 2019, 14h13
Fábio Jr. Severo/Divulgação

Azul da cor do mar: é essa a cor que se espalha no panorama desta cobertura, em Florianópolis (SC). Dos 230 totais, 85 m² compõem o terraço aberto à natureza, que deveria servir como refúgio para o morador.

E que refúgio, hein? Mirando a baía norte da ilha, o projeto do arquiteto Gabriel Bordin buscou criar um lugar aconchegante voltado ao conforto e ao convívio de modo descomplicado.

Fábio Jr. Severo/Divulgação

A calmaria do terraço se repete no interior: pautado pelo conforto e relaxamento, o décor recebeu tons suaves, como cinza, verde e azul.

A cozinha, a sala de estar e a sala de jantar são todas integradas, permitindo a fluidez entre os ambientes. Entre o terraço e a casa existem três grandes portas de vidro que, quando abertas, fazem perder a ideia entre os limites interno e externo. 

Fábio Jr. Severo/Divulgação
Continua após a publicidade

Mas é para além das divisórias que se encontra o coração do projeto: pensada para receber amigos, a sacada busca extrair o melhor da vista e do sol que ali se põe. Também com este objetivo, a piscina desenvolvida junto com a Unlimited cria a ilusão de fazer parte do mar

Fábio Jr. Severo/Divulgação

A área externa da cobertura é composta pela piscina, um grande banco, que ampara a mesa de jantar, e por peças soltas, que brincam com as cores marinho e vinho em corda náutica.

Com o mesmo intuito de integração máxima com a paisagem, o jardim vertical tem início ao lado da porta da sala, camuflando o chuveiro, revestindo toda a área do guarda-corpo e se integrando à vista da mata preservada às margens da baía.

Confira abaixo outras fotos do projeto:

Continua após a publicidade

Publicidade