Casa Created with Sketch.

Para maximizar, moradores unem dois apartamentos em um

Com a mudança da rotina e a necessidade de um espaço maior, os moradores adquiriram o apê vizinho e o uniram ao antigo para ganhar mais comodidade

 (Julia Ribeiro/Casa.com.br)

O lar tem que se adaptar de acordo com as necessidades dos moradores. Quando se trata de um apartamento, às vezes, essas transformações são muito limitadas, por inúmeros fatores. Um deles é a metragem.

Neste imóvel, aqui apresentado, os habitantes precisavam de um espaço maior e, ao invés de procurarem uma nova morada, adquiriram o apê vizinho, para unir ao que já tinham, maximizando os metros quadrados. Para isso, o casal de moradores reuniu um time de profissionais, que trabalharam à quatro mãos (literalmente).

 (Julia Ribeiro/Casa.com.br)

Para a parte de arquitetura, foi escalado o arquiteto Danilo Hideki, responsável pelo partido geral da obra, bem como a distribuição dos espaços, desenvolvimento e atualização das instalações (elétrica hidráulica e climatização).

Já para a parte de interiores e marcenaria das áreas íntimas (quartos, sala de TV, closet, rouparia), o Estúdio Cipó, da arquiteta Fernanda Angelo e da designer de interiores Elisa Meirelles, foi o escolhido. Para a cozinha, em especial, o projeto foi executado pelo designer Otávio Coelho.

 (Julia Ribeiro/Casa.com.br)

Falando desse ambiente, ele faz as vezes de ponto de encontro do lar. Como a proposta era ampliar as áreas sociais para os moradores terem mais espaço para receberem os amigos, a sala de estar está a um passo da cozinha. Ao abrir uma porta de madeira, um cômodo agradável é revelado.

 (Julia Ribeiro/Casa.com.br)

Na área de estar, o estilo escandinavo rende, ao lado de peças de design, como as poltronas Paulistana, do arquiteto designer brasileiro Paulo Mendes da Rocha.

 (Julia Ribeiro/Casa.com.br)

No segundo piso, o das áreas íntimas, a paz e a tranquilidade reinam.  “A paleta de cores, o mobiliário e a maioria dos adornos foram definidos por nós com o aval dos clientes”, afirma Elisa Meirelles. Exemplo disso é a sala de TV, mega acolhedora. A decoração mistura as tonalidades neutras do estilo escandinavo, presentes no sofá retrátil, na madeira clara dos móveis e nas paredes brancas, e a modernidade dos objetos, como o tapete azul.

 (Julia Ribeiro/Casa.com.br)

Para destacar a marcenaria, muito especial neste projeto, um dos destaques é a saída criada para evitar a entrada de luz direta e dos barulhos externos. Um painel de madeira, que corre de forma vertical, substituiu a cortina de tecido na função de bloquear a luminosidade e ainda ajuda na acústica do som.

 (Julia Ribeiro/Casa.com.br)

A suíte foi pensada para ser um refúgio tanto para os moradores quanto para os animais de estimação. Os nichos, além de organizarem os objetos de decoração, servem de espaço para a gata escalar e se divertir.

 (Julia Ribeiro/Casa.com.br)

Gostou do projeto? Navegue na galeria abaixo e veja mais fotos!

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s